Folha Vitória Grávida de 8 meses é agredida pelo ex com socos e pauladas na Serra

Grávida de 8 meses é agredida pelo ex com socos e pauladas na Serra

O gesseiro de 22 anos usou um pedaço de madeira para atacar a ex, deu socos e usou uma arma falsa para atingi-la com coronhadas

Foto: Reprodução TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Uma mulher grávida de 8 meses foi agredida pelo ex-companheiro na frente da filha, de 1 ano, no início da madrugada desta quarta-feira (18), em Jardim Tropical, na Serra. O gesseiro de 22 anos usou um pedaço de madeira para atacá-la, deu socos e usou uma arma falsa para atingi-la com coronhadas. 

As marcas da agressão ficaram por todo o corpo da jovem de 19 anos. Além de hematomas nas pernas, nos bracos e escoriações nos lábios provocados por pauladas e socos, ela teve um corte no braço causado pela coronhada. 

A vítima contou que a discussão começou quando o homem afirmou que queria a guarda da filha, de pouco mais de 1 ano. Além da criança, a jovem está grávida de outra menina, também fruto do relacionamento com o ex-companheiro. 

Leia também: Prejuízo de R$ 50 mil: suspeitos de furtar e matar gados no ES são presos

A agressão, segundo a jovem, começou dentro do carro do rapaz, na garagem, para evitar chamar a atenção dos vizinhos. Como não havia ninguém por perto, o gesseiro então saiu do veículo, pegou o pedaço de madeira e começou a golpear a moça. 

Ela continuou sendo agredida por cerca de uma hora. Depois, o ex-companheiro fugiu de casa e a jovem foi até a rua pedir ajuda de vizinhos. O homem foi localizado, segundo a vítima, na casa de uma mulher com quem ele estava se relacionando. 

No carro do suspeito, a polícia encontrou a arma falsa que teria sido usada na agressão. A jovem prestou queixa no Plantão Especializado da Mulher, em Vitória, e foi levada nesta manhã para fazer exame de corpo de delito no Departamento Médico.

A vítima contou que manteve um relacionamento com o gesseiro por 3 anos e já foi agredida outras vezes. Os dois se separaram há 15 dias, mas continuavam na mesma casa.

Com informações da repórter da TV Vitória/Record TV, Fernanda Batista.

Leia também:  VÍDEO | Homem dá "voadora" em assaltante e impede furto de bicicleta em Jardim Camburi

Últimas