Folha Vitória Hospitais privados do ES que não divulgarem dados sobre leitos serão notificados pela Sesa

Hospitais privados do ES que não divulgarem dados sobre leitos serão notificados pela Sesa

Segundo o Painel de Leitos Hospitalares da Rede Privada, são 37 hospitais do tipo em todo o Espírito Santo

Folha Vitória
Foto: Diego Simão/TV Vitória
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Os hospitais privados e filantrópicos do Espírito Santo que não estiverem atualizando as informações de ocupação de leitos de enfermaria e Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no Painel Covid-19 serão notificados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). A informação foi confirmada pelo secretário da pasta, Nésio Fernandes.

Segundo o secretário, os hospitais que não incluírem os dados sobre o número total de leitos, o quantitativo leitos exclusivos para covid-19 e a taxa de ocupação, serão notificados. "Nós estamos notificando os hospitais e estimulando que toda a rede privada adote uma política de transparência, mostrando os indicadores cotidianamente para a população capixaba. As unidades serão notificadas para praticarem a transparência como um princípio da instituição", disse.

Segundo o Painel de Ocupação de Leitos Hospitalares da Rede Privada, são 37 hospitais do tipo em todo o Espírito Santo. O número refere-se às unidades que não venderam leitos para o governo do Estado. São 14 hospitais filantrópicos e 23 privados.

Leia também: Atraso da Coronavac pode aumentar intervalo de aplicação entre 1ª e 2ª dose no ES

As informações atualizadas na tarde deste domingo (25) revelam que sete unidades da rede filantrópica não forneceram os dados. Já na rede privada, o número é maior: são 11 hospitais sem atualização das informações.

Ocupação rede pública

Na rede pública e nos hospitais privados e filantrópicos contratados pelo Estado, a semana começa com redução na taxa de ocupação nos leitos de UTI exclusivos para o tratamento da covid-19.  Dos 1.067 leitos de uti disponíveis, 935 estão ocupados, o que representa uma taxa de ocupação 87,72%. Nos leitos de enfermaria, a ocupação é de 61,28% . São 1.046 leitos do tipo disponíveis no Espírito Santo.

Segundo Nésio Fernandes, a redução mostra o resultado da quarentena e a tendência de queda esperada para os próximos dias. "Nós tendemos a caminhar com uma queda mais lenta da ocupação dos leitos de UTI, no entanto, já se observa uma queda mais robusta da procura de novos casos, leves e moderados, no serviço de urgência e emergência em todas as regiões do Espírito Santo. No entanto, os casos ainda internados são casos de pacientes ainda complexos, que têm um tempo médio de permanência alto", disse o secretário durante coletiva na última sexta.

Últimas