Folha Vitória Na praia, pai bate em filhas com chinelo e vídeo revolta web

Na praia, pai bate em filhas com chinelo e vídeo revolta web

As crianças foram agredidas com chineladas e uma chegou a ser arremessada no chão; a agressão gerou revolta dos banhistas, que filmaram...

Folha Vitória

Um homem agrediu suas duas filhas, crianças de 7 e 10 anos, na praia de Itapuã, em Salvador (BA), no último domingo (01). A agressão, que chamou a atenção dos banhistas no local, foi registrada em vídeo que viralizou e revoltou a web.

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe do nosso grupo de notícias no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Nas imagens, o homem bate nas duas crianças com um chinelo. Em seguida, ele pega uma das menores pelo pescoço e a joga na areia. É possível ouvir uma mulher dizer: “Cadê os caras para arregaçar ele?”.

Foto: Reprodução redes sociais
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

As cenas de brutalidade chocaram os banhistas. Ele teria ficado irritado por causa do sumiço delas na faixa de areia.  

Segundo o Portal BNews, a Polícia Militar da Bahia informou que a 15ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) não foi acionada para a ocorrência. 

Já a Polícia Civil da Bahia respondeu que o homem foi identificado e deve ser ouvido numa delegacia de Feira de Santana, onde a família mora.

Pai grava dois vídeos após ocorrido, em um deles reconhece que errou

Em vídeo publicado nesta terça-feira (3), obtido pelo portal da Bahia, o agressor, que não terá o nome divulgado, apresentou a sua versão dos fatos.

Ele afirma que errou e passou dos limites. "Eu que cuido e levo para escola. Minha vida é baseada nas minhas filhas. O único dinheiro que eu tinha eu quis passar a virada de ano na beira da praia com os familiares da minha esposa, porque eu não tenho condições de ir pra canto nenhum", disse.

LEIA TAMBÉM: Preso suspeito de agredir e roubar mulher na porta de casa em Guarapari

O pai afirma que o momento foi inesperado, porque ele não aguentava mais. "Eu explodi, eu estourei, eu errei. Gente, eu errei. Eu errei, mas eu sou um pai, não sou um monstro, não", desabafou. 

Pai diz que filhas não ficaram com hematomas

Depois o homem gravou outro vídeo. Disse, desta vez, que as meninas não ficaram com nenhum hematoma. 

Ele pediu novamente desculpas e reconheceu o erro. "Ô gente, nada vai justificar o que eu fiz não. Eu errei, mas eu quero dizer para vocês que eu não sou um monstro, não sou um bicho, eu tenho minha família", disse. 

O homem afirma que cuida bem das meninas. "Todos meus amigos me conhecem e sabe, essas pessoas que estão falando ai de mim não me conhecem, não sabem o amor que tenho por meus filhos", disse.

*Com informações do portal R7

Últimas