Folha Vitória Quer comprar um imóvel? Startup capixaba possibilita teste de 12 meses antes da aquisição

Quer comprar um imóvel? Startup capixaba possibilita teste de 12 meses antes da aquisição

Caso a resposta seja positiva, todo o investimento feito durante o período de um ano é abatido do valor de compra

Folha Vitória
Foto: Reprodução
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

A IM7, startup capixaba de venda e aluguel compartilhados voltada a corretores, está inovando o setor imobiliário do Espírito Santo ao lançar o Test Living. Pela modalidade, o usuário aluga um imóvel que deseja comprar, por 12 meses, e só ao final desse período decide se irá ou não adquiri-lo. Caso a resposta seja positiva, todo o investimento feito durante o período de um ano é abatido do valor de compra.

A novidade já chamou inclusive a atenção de um casal que mora atualmente em Dublin, na Irlanda, e que já resolveu todo o trâmite da moradia de forma remota. Quando voltarem ao Brasil, Gabriel Miranda Lyra e Wliany de Paula Costa irão morar por 12 meses em um edifício da Grasselli Engenharia, em Jardim Camburi, na capital, e depois desse período irão decidir se continuam na unidade.

Além de resolver as necessidades de moradia do usuário, a IM7, de quebra, ainda resolve outro problema deste momento de pandemia do novo coronavírus. Ao movimentar o estoque parado de unidades imobiliárias, as construtoras, que têm objetivo original de venda e não de aluguel, acabam vendo na startup uma possibilidade de ganho de receita e relacionamento com seu futuro cliente, colocando seu empreendimento a teste.

"O Test Living da IM7 é uma solução que atende ao mercado como um todo. É uma solução para o cliente que está indeciso e sem perspectiva, mas tem necessidade de habitar, e também para a construtora que, porventura, esteja com o estoque parado", comenta o corretor Felipe Ribeiro, CEO da IM7.

Ribeiro ainda lembra que o investidor é outra figura beneficiada com o Test Living. "Ainda que os usuários decidam não adquirir a unidade e seguir no aluguel, os investidores têm a oportunidade de comprar um ativo imobiliário com a garantia de locatários. Muito provavelmente, as receitas oriundas das mensalidades serão mais vantajosas do que investimentos em bolsas de valores, fundos de investimentos e outras modalidades de renda fixa e variável, muito afetadas pela crise decorrente da covid-19 e da baixa histórica da Selic", finaliza o CEO.

Últimas