Folha Vitória Você sofre com a TPM? Veja 7 dicas para amenizar os sintomas

Você sofre com a TPM? Veja 7 dicas para amenizar os sintomas

A TPM é um distúrbio neuropsicoendócrino com presença de sintomas somáticos e/ou psicológicos que ocorrem na fase lútea dos ciclos menstruais e se resolvem espontaneamente dentro de alguns dias do início da menstruação

Folha Vitória
Foto: pexels
Folha Vitória

Folha Vitória

Folha Vitória

Os dias que antecedem a chegada da menstruação, para muitas mulheres, são complicados. A síndrome de tensão pré-menstual (STPM) é subestimada e, muitas vezes vista com ironia. Por trás dessa ironia habitual, há uma realizadade de sofrimento que impacta diretamente a vida pessoal, familiar e profissional da mulher.

De acordo com a médica ginecologista Adriana Ribeiro, trata-se de um distúrbio neuropsicoendócrino com presença de sintomas somáticos e/ou psicológicos que ocorrem na fase lútea dos ciclos menstruais e se resolvem espontaneamente dentro de alguns dias do início da menstruação.

O diagnóstico é clinico sendo possível verificar sintomas físicos, emocionais, sua intensidade e quanto aquilo está afetando a vida da paciente. Veja abaixo quais são os principais sintomas:

Sintomas físicos: dor de cabeça, nas mamas e nas pernas, inchaço abdominal e ganho de peso

Sintomas emocionais: alterações do humor, humor depressivo, ansiedade, irritabilidade, explosão de raiva, insônia, dificuldade de concentração, alterações do apetite, sensação de estar sobrecarregada ou fora do controle.

Ainda de acordo com a especialista, existe uma forma mais grave de síndrome de tensão pré-menstual,  que é a síndrome disfórica pré-menstrual (SDPM) que acomete de 3% a 8% dessas mulheres .

Mudar alguns hábitos do dia-a-dia podem amenizar os sintomas da TPM

Adriana explicou que em casos em que a TPM prejudica ações básicas do dia a dia da mulher, é fundamental procurar atendimento médico. Veja abaixo algumas dicas da ginecologista para amenizar os sintomas:

1. Dormir bem

2. Ingerir bastante água e líquidos

3. Reduzir o consumo de cigarro, ácool, cafeína, sal e açúcar refinado na alimentação

4. Incluir vegetais escuros e cereais integrais na dieta, já que são fonte de vitamina B e ajudam a reduzir o inchaço e a vontade de comer doces 

5. Praticar atividade física

6. Sair da rotina e buscar atividades que dão prazer e te façam feliz

7. Tratamento medicamentoso hormonal ou não hormonal é necessário quando for intenso.

Últimas