Cidades Funesc faz homenagem póstuma a Walter Galvão com exibição especial de programa

Funesc faz homenagem póstuma a Walter Galvão com exibição especial de programa

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba exibe, nesta terça-feira (13), às 19h, uma homenagem especial ao jornalista, escritor e presidente da Funesc, Walter Galvão, que faleceu no último dia 7 de julho, em João Pessoa. O especial será transmitido pela TV Funesc (youtube.com/funescpbgov) e trará a reprise de um programa no qual ele foi o […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Foto: Arquivo/Jornal Correio

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba exibe, nesta terça-feira (13), às 19h, uma homenagem especial ao jornalista, escritor e presidente da Funesc, Walter Galvão, que faleceu no último dia 7 de julho, em João Pessoa. O especial será transmitido pela TV Funesc (youtube.com/funescpbgov) e trará a reprise de um programa no qual ele foi o entrevistado.

A entrevista a ser exibida foi veiculada em novembro de 2016, época em que Galvão era diretor técnico do Jornal A União, e foi concedida por ele à jornalista Claudia Carvalho, no Programa Impressões, da TV Assembleia. A atração é conhecida na Paraíba por trazer conversas com artistas, jornalistas e personalidades de destaque nas diferentes esferas sociais, além de apanhados sobre fatos históricos do estado.

Além de jornalista e escritor, Walter Galvão também ficou conhecido pela poesia e musicalidade, sendo cantor de bandas de baile nas décadas de 1960 e 1970. Na década de 1990 gravou a canção ‘Gavião’ no CD ‘Jardim dos animais’, de Paulo Ró e Ronald Clever.

Como profissional da comunicação, passou por todas as grandes redações de jornais impressos, como A União, O Norte e Correio da Paraíba (onde atuou como repórter, colunista, editor setorial e editor geral). Trabalhou ainda em emissoras de televisão, como a TV Correio, e como assessor na área política. Nesse campo, atuou em secretarias municipais, como as de Educação, Comunicação e Transparência, de João Pessoa e de Conde.

Crítico cultural, também deixou livros publicados, como ‘O som do sim’ e ‘Rap Ópera’. As publicações mais recentes dele foram ‘45 poses da palavra’ e ‘Máximas de Marx – Introdução ao multiverso do pensar crítico’ (lançado neste ano), ambos pela editora Ideia.

Em junho de 2020, assumiu o cargo de presidente da Funesc. Walter Galvão tinha 64 anos e, desde o início deste ano, lutava contra um câncer.

Últimas