Cidades Hacker invade sessão virtual do TRT-SE com palavrões e funk

Hacker invade sessão virtual do TRT-SE com palavrões e funk

Invasor interrompeu vídeoconferência de julgamento realizada pela 2ª Turma do Tribunal Região do Trabalho sergipano nesta terça-feira (18)

  • Cidades | Cesar Sacheto, do R7

Sessão foi invadida por hacker

Sessão foi invadida por hacker

Reprodução

Um hacker invadiu uma sessão de julgamento virtual realizada por integrantes da 2ª Turma do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 20ª Região, em Sergipe, nesta terça-feira (18).

Leia também: Desembargador do Amapá aparece sem camisa em sessão virtual

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, é possivel notar a voz de um homem interrompendo as discussões com alguns palavrões, enquanto eram colocados áudios de músicas funk.

Os participantes da sessão telepresencial se mostraram surpresos com o ocorrido. A reunião foi suspensa e a vídeoconferência encerrada após o ocorrido.

Em nota, a presidente do TRT da 20ª Região, Vilma Leite Machado Amorim, afirmou que as autoridades policiais serão notificadas da invasão.

De acordo com a desembargadora, o órgão está adotando medidas de segurança "visando a impedir que, doravante, pessoas não habilitadas acessem as sessões de julgamento e as audiências".

Flagrantes embaraçosos

A invasão de um hacker na vídeoconferência do TRT-SE não foi a primeira cena embaraçosa ocorrida em sessões virtuais neste ano a ganhar repercussão nas redes sociais.

Após a intensificação do recurso tecnológico em função das restrições impostas por medidas para combater a pandemia do novo coronavírus, foram muitos os casos de gafes ou deslizes cometidos em vídeochamadas.

No Ceará, o vereador Domingos Borges deixou escapar a imagem de uma mulher nua na câmera dele no dia 11 de agosto, durante sessão virtual da Câmara da cidade de Juazeiro do Norte. Domingos recebeu a visita inesperada, que lhe entregou o que parecia ser uma conta

Em junho, o vereador Ditinho do Asilo, de Bragança Paulista (SP), manuseou um peça íntima enquanto uma colega que falava sobre cortes de árvores na cidade do interior paulista. O parlamentar foi acusado de quebra de decoro e corre o risco de perder o cargo.

Saiba como evitar gafes em reuniões virtuais no home office:

Últimas