Cidades Jovem baleado por sargento da PM recebe alta e se recupera após perder baço, rim e parte do estômago

Jovem baleado por sargento da PM recebe alta e se recupera após perder baço, rim e parte do estômago

O jovem Fransuar Chimaski, de 26 anos, recebeu alta do Hospital de Trauma de João Pessoa, após se recuperar de um tiro que sofreu em uma praça no bairro do Geisel, na Capital, no dia 10 de julho. Um sargento da Polícia Militar da Paraíba é suspeito no caso e foi afastado da Corporação. Outros […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Foto: Reprodução/TV Correio

O jovem Fransuar Chimaski, de 26 anos, recebeu alta do Hospital de Trauma de João Pessoa, após se recuperar de um tiro que sofreu em uma praça no bairro do Geisel, na Capital, no dia 10 de julho.

Um sargento da Polícia Militar da Paraíba é suspeito no caso e foi afastado da Corporação. Outros dois PMs que viram a ocorrência e não prenderam o suspeito são alvos de uma investigação.

Fransuar perdeu um baço, um rim e parte do estômago. A bala ficou alojada no corpo do jovem.

 “Temos o costume de jogar dominó na praça. Ele [o sargento] mora perto e se incomodava com o barulho das peças de dominó. Nesse dia, ele denunciou e esperou só a viatura chegar. Ele já saiu alterado, bateu em todo mundo. Vendo isso, fui pegar o telefone pra filmar, ele se irritou e deu dois tiros, um no chão e outro em mim”, disse o jovem, à TV Correio.

“Ele tem que perder a farda. Ele tem que ser preso”, afirmou à TV Correio, Tânia Muniz, mãe da vítima.

A Corregedoria da Polícia Militar anunciou um inquérito para investigar a conduta do policial. Outra sindicância também será instaurada pela Corregedoria da PM para apurar a conduta dos outros dois policiais que atenderam a ocorrência.

O caso

O caso ocorreu na madrugada do último sábado (10). O jovem de 26 anos estava reunido com algumas pessoas quando o grupo foi abordado por policiais, acionados após reclamação por “perturbação”.

Enquanto os PMs conversavam com o grupo, o sargento, que não estava trabalhando no momento da abordagem, saiu da casa onde mora, foi até a praça e discutiu com as pessoas. As imagens foram registradas por câmeras de celular.

Segundo as imagens, o sargento saca uma arma e atira duas vezes. Um dos disparos atinge o homem de 26 anos. Ele foi socorrido para o Hospital de Trauma de João Pessoa. De acordo com o diretor da unidade, Laércio Bragante, em entrevista a TV Correio, o rapaz perdeu o baço e um dos rins por conta dos ferimentos.

Apesar dos outros policiais terem visto toda a confusão, o sargento voltou para casa normalmente e não foi preso. No dia seguinte, ele se apresentou na delegacia com um advogado, onde prestou depoimento, mas deve responder em liberdade.

Últimas