Cidades Polícia resgata Jacaré em calçada da principal dos Bancários

Polícia resgata Jacaré em calçada da principal dos Bancários

O Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) resgatou um jacaré com aproximadamente 1,5

Portal Correio

O Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) resgatou um jacaré com aproximadamente 1,5 metro, na noite dessa segunda-feira (20), após o animal aparecer na calçada da avenida principal do bairro dos Bancários, na Zona Sul de João Pessoa. O animal foi encontrado por um homem que praticava atividade física pelo local e chamou a Polícia Militar.

Leia também: Polícia resgata nove cobras em um dia na Grande João Pessoa

O jacaré é da espécie papo-amarelo (Caiman latirostris) e possivelmente saiu de algum córrego que passa pela mata que tem perto do local onde ele apareceu, conforme informações do tenente Wellington Aragão, responsável pelo resgate. “O Batalhão de Polícia Ambiental já estava em alerta nessa segunda-feira por causa das chuvas, que trouxeram a possibilidade do aparecimento de serpentes e jacarés, e por volta das 20h30 recebemos um chamado de um cidadão dizendo que tinha visto um jacaré andando pela calçada do começo da principal dos Bancários”, destacou.

O oficial reforçou o alerta para a população não tentar tocar no animal. “Quando visualizamos, ele aparentava estar calmo, mas quando fomos resgatar, o animal estava bastante arisco, o que reforça o aviso para as pessoas terem cuidado, não tentarem pegar, ligarem para o 190 e ficarem mantendo apenas o contato visual”, disse.

Um jacaré da mesma espécie havia aparecido na última sexta-feira (17), perto de uma casa, na cidade de Pitimbu, no Litoral Sul da Paraíba. A PM indica que, assim como as cobras, os jacarés tendem a aparecer em ambientes urbanos nesse período de mudança de clima, pois são considerados “animais de sangue frio” (aqueles que não são capazes de regular a temperatura do próprio corpo).

O jacaré resgatado nessa segunda-feira foi solto em seu habitat natural, no rio Marés, que fica no limite das cidades de João Pessoa e Bayeux.

Últimas