Portal Correio Com quase 100 duplas, Jampa Vôlei Base e Master será disputado neste fim de semana

Com quase 100 duplas, Jampa Vôlei Base e Master será disputado neste fim de semana

Quase 100 duplas estão inscritas no torneio Jampa Vôlei Base e Master neste fim de semana, em João Pessoa. Com as categorias do sub-15 até o 63+, a competição de vôlei de praia – que tem a chancela da Federação Paraibana de Voleibol (FPV) – será disputada nas quadras do clube Base, nos bairros Altiplano […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Foto: Divulgação/Base Esportes

Quase 100 duplas estão inscritas no torneio Jampa Vôlei Base e Master neste fim de semana, em João Pessoa. Com as categorias do sub-15 até o 63+, a competição de vôlei de praia – que tem a chancela da Federação Paraibana de Voleibol (FPV) – será disputada nas quadras do clube Base, nos bairros Altiplano e Bessa. 

Uma das duplas inscritas é Fred/Isac. Eles foram medalha de bronze no mês passado na 1ª etapa do Circuito Brasileiro sub-19, no Rio de Janeiro. A segunda e última parada da competição nacional da categoria na temporada 2021, inclusive, será na próxima semana, também na Cidade Maravilhosa. 

“Sempre é bom ganhar uma medalha no Circuito Brasileiro e se manter no pódio. A gente já vinha no ano passado com o segundo lugar e permanecer nesse pódio é muito importante para buscar a conquista de campeão geral de 2021. Agora tem uma competição em casa bem próximo de jogar novamente o Brasileiro. Vamos com tudo”, comentou Isac Adolfo. 

O técnico de Fred/Isac, Edilberto Fernandes, explica que o trabalho feito com o vôlei de praia é referência e já surgiram vários talentos, como Álvaro Filho, Vitor Felipe e George. Segundo ele, o Jampa Vôlei Base e Master serve de parâmetro para ver o desempenho dos garotos nas areias.

“Vai ser uma competição muito boa e que serve de preparação para os campeonatos brasileiros que a gente vai ter. O nível da base em João Pessoa é um pré-requisito. Tem uma base muito forte e que serve de inspiração para os outros estados. A gente espera que eles venham bem forte pensando na preparação que a gente tem para o Brasileiro sub-19”, disse Edilberto. 

O torneio tem a cerimônia de abertura nesta sexta-feira (8), mas os jogos só começam no sábado (9) e seguem até a terça-feira (12), quando acontecem as finais. Quem espera chegar até a decisão é Erick Daniel, de apenas 13 anos, que vai jogar ao lado de Rafael Andrade. 

“Espero que seja uma competição muito boa e que eu e meu parceiro consigamos ganhar essa competição. São oito duplas na nossa categoria e espero me sair bem”, concluiu Erick Daniel.

Últimas