Economia Economia do Brasil perde força no 4º tri e termina 2019 com crescimento de 1,1%

Economia do Brasil perde força no 4º tri e termina 2019 com crescimento de 1,1%

Reuters

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil desacelerou no quarto trimestre na comparação com os três meses anteriores, e a atividade econômica acumulou no ano expansão de 1,1%, resultado mais fraco em três anos.

O dado anual mostrou fraqueza em relação a 2018 e 2017, quando a economia brasileira apresentou crescimento de 1,3% em ambos os anos, de acordo com números divulgados nesta quarta-feira pelo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre outubro e dezembro de 2019, o PIB apresentou expansão de 0,5% sobre o terceiro trimestre, segundo o IBGE, também apresentando desaceleração sobre o período anterior, quando houve crescimento de 0,6%.

Em relação ao quarto trimestre de 2018, houve expansão de 1,7%.

Pesquisa da Reuters apontou que as expectativas eram de crescimento de 0,5% do PIB no quarto trimestre de 2019 em relação ao terceiro e de 1,5% sobre um ano antes.

Últimas