Economia Exportação de soja dos EUA atinge máxima de 6 meses com aumento de cargas após Ida

Exportação de soja dos EUA atinge máxima de 6 meses com aumento de cargas após Ida

COMMODS-SOJA-EUA:Exportação de soja dos EUA atinge máxima de 6 meses com aumento de cargas após Ida

Reuters - Economia

Por Karl Plume

(Reuters) - As exportações de soja dos Estados Unidos saltaram na semana passada para um pico de seis meses, enquanto os embarques de milho foram os maiores em um mês, com os terminais da Costa do Golfo da Louisiana aumentando continuamente as operações interrompidas há quase um mês pelo furacão Ida, mostraram dados preliminares na segunda-feira.

O ritmo de exportação permaneceu bem abaixo do normal para esta época do ano, já que alguns terminais permanecem fechados ou operando com capacidade reduzida depois que a tempestade inundou e danificou algumas instalações e destruiu a rede elétrica da região.

Ida prejudicou os embarques de grãos para o exterior semanas antes do início da safra do Meio-Oeste e do período mais movimentado para as exportações da safra dos EUA, elevando os preços de exportação e alimentando preocupações globais sobre a inflação dos alimentos.

Na segunda-feira, o comerciante de grãos Archer-Daniels-Midland disse que seus terminais de Ama e Reserve, na Louisiana, e plataformas de carregamento no rio estavam totalmente operacionais, enquanto suas instalações em Destrehan estarão no final da semana. O terminal Destrehan, da Bunge , também estava totalmente operacional após funcionar apenas "intermitentemente" na semana passada, disse um porta-voz da empresa.

Os dados das inspeções semanais de grãos do USDA, um indicador antecipado de remessas ao exterior, mostraram que 11 navios de exportação foram carregados com milho, soja, trigo ou sorgo em instalações ao longo do rio Mississippi na semana encerrada em 23 de setembro.

Isso foi acima de apenas sete navios carregados uma semana antes, mas bem abaixo da mesma semana de um ano atrás, quando 24 navios foram carregados para exportação no centro de grãos mais movimentado dos EUA, mostraram os dados.

As inspeções semanais de milho em todos os portos dos EUA totalizaram 517.539 toneladas na semana passada, queda de 37% em relação à mesma semana do ano anterior, enquanto as inspeções de soja caíram 66%, para 440.742 toneladas.

(Reportagem de Karl Plume em Chicago)

Últimas