Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Previsão do mercado para a inflação de 2023 sobe e volta a encostar em 6%

Nova expectativa dos analistas financeiros mostra que IPCA subirá 5,98% e vai estourar o teto da meta pelo terceiro ano seguido

Economia|Do R7


BC e mercado estimam que inflação vai furar o teto da meta
BC e mercado estimam que inflação vai furar o teto da meta

Os analistas do mercado financeiro elevaram, pela segunda semana seguida, as projeções de alta dos preços ao final deste ano, de acordo com informações publicadas nesta segunda-feira (10) pelo BC (Banco Central).

Com a atualização, a previsão atual feita com base em estimativas é que o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) encerre o ano em 5,98%, ante alta prevista de 5,6% nas últimas semanas.

A nova expectativa mostra um distanciamento da inflação oficial da meta estabelecida pelo governo para o período, de 3,25%, com margem de tolerância de 1,5 ponto (de 1,75% para 4,75%).

O último RTI (Relatório Trimestral de Inflação) do BC prevê alta de 5,8% do IPCA neste ano. De acordo com o documento, a probabilidade de a alta furar o teto da meta do governo passou de 57% para 83%.

Publicidade

Para este mês de março, a previsão de alta dos preços foi mantida em 0,77%. Já em abril e maio, os analistas preveem avanços de 0,59% e 0,39% do índice oficial de preços, altas idênticas às previstas na última semana.

Para 2024, a expectativa para o índice oficial de preços do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) subiu de 4,13% para 4,14%. Já as taxas para 2025 e 2026 permaneceram estáveis, em 4% para ambos os anos.

Com as novas projeções, a aposta na cotação do dólar segue em R$ 5,25. Para os preços administrados, como energia e combustíveis e planos de saúde, a expectativa subiu pela 19ª semana seguida e passou para uma alta de 9,79% neste ano.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.