Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Sete em cada dez contribuintes terão restituição do Imposto de Renda 2023

Do total de 19,9 milhões de declarações entregues até agora, 72,9% terão devolução; prazo termina no dia 31 de maio

Economia|Do R7


Restituição começa a ser paga em 31 de maio
Restituição começa a ser paga em 31 de maio

Sete em cada dez contribuintes têm direito a receber a restituição do Imposto de Renda 2023. O primeiro lote está previsto para o dia 31 de maio, quando termina o prazo de entrega da declaração. Segundo a Receita Federal, dos 19,9 milhões de contribuintes que entregaram o documento até agora, 72,9% terão restituição. Outros 14,67% vão ter que pagar e 12,40% não têm imposto.

Os estados do Acre, Pará e Tocantins são os que registram mais de 80% de restituições entre os contribuintes. Já o Rio Grande do Sul tem o menor índice, com 67,9% das declarações com direito a devolução.

A entrega da declaração começou no dia 15 de março, e o prazo vai terminar no dia 31 de maio. O Fisco espera receber até 39,5 milhões de declarações neste ano. O balanço mostra que 19.906.200 documentos (50,4% do total) foram transmitidos ao banco de dados da Receita Federal até as 14h35 desta quinta-feira (4).

A perda do prazo acarreta uma multa de, no mínimo, R$ 165,74. O valor, no entanto, pode alcançar 20% do imposto devido.

Publicidade

Leia também

São obrigados a fazer a declaração todos os residentes no Brasil que tiveram rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano passado. A formulação do documento também é necessária para aqueles que tiveram rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil.

Primeiro lote

Quem entregar a declaração do Imposto de Renda 2023 até o dia 10 de maio poderá receber o valor mais rápido. A Receita Federal recomenda o envio até a data mesmo àqueles que se encontram na lista de prioridades legais.

Publicidade

Como nos outros anos, em 2023 o calendário de pagamentos da restituição é dividido em cinco lotes, e os primeiros deles se referem a prioridades legais.

Quem recebe primeiro

• Pessoas com mais de 80 anos;

Publicidade

• Pessoas com mais de 60 anos;

• Pessoas com doença grave ou deficiência;

• Contribuinte cuja maior fonte de renda é o magistério.

Neste ano, a Receita instituiu mais duas prioridades para o pagamento da restituição, além das listadas acima. São elas:

• Quem optar por fazer a declaração pré-preenchida;

• Quem optar por receber a restituição via Pix (somente chave CPF).

Em caso de empate no critério, quem entregou primeiro recebe antes.

Confira o calendário da restituição

1˚ lote: 31 de maio

2˚ lote: 30 de junho

3˚ lote: 31 de julho

4˚ lote: 31 de agosto

5˚ lote: 29 de setembro

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.