Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Educação
Publicidade

Saiba quais são os temas que mais caem na prova de História no Enem

Professor dá dicas sobre os principais assuntos, os recorrentes no exame e a abordagem que deve ser adotada nesta edição

Enem|Alex Gonçalves, do R7*


Professor dá dicas de como a matéria de história é cobrada no Enem
Professor dá dicas de como a matéria de história é cobrada no Enem

Falta pouco mais de três meses para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio e o R7 traz dicas para revisar o conteúdo para as provas. Saiba quais são os principais temas cobrados em história e os assuntos recorrentes em anos anteriores.

Enem tem 4 milhões de inscritos, menor número desde 2009

Felipe da Costa Mello, professor de história do Colégio e Curso Pré-Vestibular Oficina do Estudante, explica que a prova do Enem é baseada em dois elementos: leitura e reflexão. "Antes de tudo o participante precisa saber que algumas habilidades são cobradas de um modo geral e em todas as matérias", observa. "É preciso ter conhecimentos históricos para compreensão dos fundamentos de cidadania e de democracia, entender as transformações tecnológicas e o impacto nos processos de produção são exemplos de competências que o estudante deve estar familiarizado."

Leia também

Segundo Mello, é importante destacar os conteúdos que não devem cair mais no exame. "Temas como a Ditadura Militar, questões de gênero ou regime autoritários são assuntos polêmicos e podem ser excludentes, a tendência para esta edição é que a prova busque conhecimentos sobre a Antiguidade, a Primeira República e a Idade Média".

Publicidade

A Era Vargas, o Brasil Colônia, o Segundo Reinado e o processo de Independência do Brasil são temas de grande relevância e podem cair no Enem deste ano. Ainda, de acordo com Mello, em História Geral vale revisar o conteúdo de: Grécia e Roma, Idade Média, Revolução Industrial, Primeira Guerra Mundial, Revolução Francesa e Iluminismo que são temas de destaque que devem ser estudados.

Os candidatos devem ficar atentos aos assuntos de atualidades. "É difícil dizer o que pode cair, mas é importante que o estudante esteja bem informado”, conta.

Publicidade

Para dar conta de todo esse conteúdo, Mello sugere que o estudante crie uma rotina de estudos desde já por meio da leitura de textos, elaboração de resumos, realização de simulados e acompanhamento de vídeos na internet que ajudam no processo para assimilação das disciplinas. 

Enem 2021

Publicidade

Neste ano, as versões impressa e digital serão aplicadas na mesma data, nos dias 21 e 28 de novembro, e terão as mesmas questões. Foram registrados 3.903.664 inscritos para a versão impressa. Já a versão digital teve as 101.100 vagas ofertadas preenchidas.

O Enem é a principal porta de entrada para as universidades do país. A proposta das provas é avaliar o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica.

A nota do Enem é pode ser utilizada no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e em programas do governo como o Prouni (Programa Universidade para Todos) e Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).

*Estagiário do R7 sob supervisão de Karla Dunder

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.