Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Eleições 2016
Publicidade

TRE rejeita recurso e mantém cancelada candidatura de Ruy Muniz

Defesa pretendia anular decisão do tribunal que cancelou a chapa de Muniz 

Minas Gerais|Do R7, com Ezequiel Fagundes da Record Minas


Prefeito de Montes Claros está afastado do cargo
Prefeito de Montes Claros está afastado do cargo

O prefeito afastado de Montes Claros, Ruy Muniz (PSB), sofreu mais uma derrota na Justiça eleitoral. Por cinco votos a zero, o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais rejeitou (TRE-MG) nesta quarta-feira (5) outro recurso da defesa que pretendia anular a decisão do tribunal que cancelou a chapa de Muniz por causa da renúncia do vice.

Com a decisão, os votos obtidos por Muniz não foram contabilizados e candidatura dele permanece sub-judice. Dessa forma, o candidato Humberto Souto, do PPS, é considerado o vencedor da disputa com Muniz no primeiro turno.

Leia mais notícias no R7

A decisão de hoje, no entanto, ainda cabe recurso no próprio TRE. Muniz, pela segunda vez em menos de um mês, está foragido da Justiça. Ele é acusado de desvios de verbas da cidade. Ontem, uma equipe da Polícia Federal esteve na mansão do político para prendê-lo, mas ele não foi encontrado.

Com o término do primeiro turno, o mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais contra Muniz passou a ter validade novamente. Mesmo afastado do cargo, ele concorre à reeleição amparado pela legislação eleitoral, que proíbe a prisão de candidatos a 15 dias da eleição, excluindo em casos de flagrante.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.