Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Daniel Alves escreve carta a Joana Sanz após modelo terminar relacionamento: ‘Lamento sua decisão’

Preso na Espanha desde o fim de janeiro acusado de agressão sexual contra uma jovem de 23 anos, Daniel Alves escreveu uma carta endereça...

Estadão Conteúdo|Do R7


Preso na Espanha desde o fim de janeiro acusado de agressão sexual contra uma jovem de 23 anos, Daniel Alves escreveu uma carta endereça à sua mulher, Joana Sanz, uma semana depois que ela indicou o fim do relacionamento com o jogador brasileiro após oito anos juntos.

O Estadão teve acesso à carta na qual o atleta afirma que lamenta a decisão da modelo de terminar o relacionamento com ele na prisão e diz entender que ela “não tenha sido capaz de suportar toda essa pressão”. O veterano jogador de 39 anos afirma que vai “seguir lutando para demonstrar sua inocência “ao mundo inteiro” e declara que as acusações contra ele “são alheias aos valores” que o guiaram por toda a vida.

Na semana passada, a modelo e empresária espanhola de 29 anos publicou em sua conta oficial no Instagram uma carta escrita a próprio punho em que indicou o término do relacionamento com o brasileiro, que está preso na Espanha por suposta agressão sexual contra uma jovem de 23 anos em boate de Barcelona desde 20 de janeiro. Seus advogados tentaram a liberação para que ele aguardasse o caso em liberdade, mas não conseguiram.

Segundo o programa “Fiesta”, do canal espanhol Telecinco, Joana Sanz visitou o jogador no centro penitenciário Brians 2 na última semana. Eles teriam tido uma conversa frente a frente separados por um vidro. A modelo deixou a prisão séria e sem dar detalhes do que conversou com o brasileiro. Ela já insinuava o rompimento da relação.

Na carta, Daniel Alves fala diretamente com a mulher. Em um dos trechos, ele escreve sobre sua inocência. “Compreendo a dor que está causando a injusta situação que estamos vivendo. Entendo que você não tenha sido capaz de suportar toda essa pressão. Os fatos de que sou acusado são alheios a mim e aos valores que me guiaram por toda a minha vida: o amor, o respeito e o esforço.” Na prisão, Daniel vai se envolvendo com a rotina do local, ora mais animado, ora mais deprimido. Ele feito novos amigos com o futebol nas horas no pátio.

Leia a íntegra da carta de Daniel Alves a Joana Sanz:

Minha querida Joana,

Foram quase 8 anos de muito amor, carinho, respeito e cuidados mútuos. Em particular, nos últimos anos. Ao seu lado, tudo parece mais fácil e prazeroso. Você e meus filhos, Dani Filho e Victoria, foram o que de melhor aconteceu em minha vida.

Juntos crescemos desde o dia em que nos conhecemos, desde o primeiro minuto em que iniciamos uma vida em comum. Nos acompanhamos todos esses anos, nos fortalecendo e iluminando um a vida do outro.

Agora, nesses momentos difíceis, lamento sua decisão e anseio que a vida nos brinde com outra oportunidade de voltar a te amar.

Compreendo a dor que está causando a injusta situação que estamos vivendo. Entendo que você não tenha sido capaz de suportar toda essa pressão.

Os fatos de que sou acusado são alheios a mim e aos valores que me guiaram por toda a minha vida: o amor, o respeito e o esforço.

Eu seguirei lutando como sempre fiz, acreditando no apoio e na confiança daqueles que sabem quem eu realmente sou. Lutarei até o final, com amor incondicional dos meus filhos, dos meus pais e de quem segue ao meu lado, para, em breve, demonstrar minha inocência ao mundo inteiro.

Onde seja, como seja, o que seja, para sempre em meu coração.

Com muito amor: (assinatura de Daniel Alves)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.