Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

De Jennifer Lopez a Justin Timberlake: crise na venda de ingressos também ocorre nos EUA; entenda

A crise no mercado de shows, que impactou apresentações de Ludmilla e...

Estadão Conteúdo|Do R7

A crise no mercado de shows, que impactou apresentações de Ludmilla e Ivete Sangalo, não é fenômeno somente em âmbito nacional. Artistas como Jennifer Lopez e Justin Timberlake também precisaram cancelar suas turnês pelos EUA e Europa. E o motivo parece esbarrar em questões semelhantes: alta demanda de shows neste período pós-pandêmico, grandes espaços com baixa demanda e preços cada vez mais elevados dos ingressos podem estar espantando o público.

Na semana passada, a produtora Live Nation publicou uma nota anunciando o cancelamento da turnê de Jennifer Lopez, alegando que a cantora precisou passar mais tempo com a família, em meio a rumores de que seu relacionamento com o ator Ben Affleck estaria em crise. O jornal NY Post, porém, aponta para outras razões, que passam pela a baixa repercussão de seu mega lançamento recente, This Is Me... Now, que inclui um álbum e um filme lançado no Prime Video.

Publicidade

Até mesmo Bad Bunny, um dos nomes de maior destaque na música internacional, também sofre com a pouca venda de ingressos. Justin Timberlake, que lançou recentemente o álbum Everything I Thought It Was, viu sua popularidade cair após o lançamento da autobiografia de sua ex, Britney Spears, onde ela expõe detalhes de seu namoro com o cantor, incluindo a pressão para fazer um aborto.

Segundo o jornal, a Live Nation, porém, nega os rumores e anunciou que as vendas de ingressos para o cantor estão indo “muito bem”.

Publicidade

Fabio Motta/ Estadão

Em contrapartida, nomes como Taylor Swift e Beyoncé estão com as vendas de ingressos decolando.

Publicidade

Ao NY Post, a Live Nation pondera que cancelamentos podem ocorrer, destacando que, neste ano, foram 4% da produção, número considerado estável pela empresa.

O portal Variety aponta ainda outra razão: artistas com décadas de carreira, como é o caso de Jennifer Lopez e Justin Timberlake, vem sofrendo com o etarismo na música pop, que cada vez mais produz novos artistas que bombem nas plataformas digitais e emplaquem sucessos no TikTok. Por outro lado, o público também busca, de modo geral, ouvir os hits antigos desses artistas.

Caso brasileiro

Em maio, as cantoras Ivete Sangalo e Ludmilla anunciaram o cancelamento das turnês que fariam ainda este ano, A Festa e Ludmilla In The House, respectivamente. Ambas anunciaram a decisão em comunicado publicado nas redes sociais nesta quarta, 15, e responsabilizaram a produtora dos shows, a 30e.

O Estadão entrou em contato com a 30e, que chamou a decisão de “unilateral” e se disse surpreendida com os comunicados. “Em relação à turnê A Festa, por questões de demanda, a empresa propôs à artista e sua equipe uma readequação da estrutura e produção e foi surpreendida com o comunicado publicado. Já em relação à turnê Ludmilla In The House Tour, não houve nenhuma negociação anterior à decisão exclusiva da artista e seu comunicado”, escreveu. Leia mais aqui.


Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.