Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Bêbada é expulsa de avião algemada e em cadeira de rodas após morder policiais

A mulher foi retirada pelas autoridades ao se recusar a se sentar e colocar o cinto enquanto a aeronave ainda taxiava na pista

Hora 7|Matheus Borges*, do R7

Passageira de avião estava visivelmente embriagada
Passageira de avião estava visivelmente embriagada Passageira de avião estava visivelmente embriagada

Uma mulher, suspeita de embriaguez, foi retirada de um avião da Southwest Airlines após ter sido acusada de chutar e morder três policiais — além de perturbar outros passageiros e causar danos a algumas poltronas da aeronave.

Kamaryn Gibson, de 25 anos, estava em um voo no Aeroporto Internacional Louis Armstrong, em Nova Orleans, nos EUA, quando as autoridades entraram no avião e pediram a ela que se retirasse.

Uma testemunha, identificada como Jonathan, filmou o momento em que Kamaryn foi algemada enquanto gritava e se debatia, tentando se soltar.

Ele afirmou que tudo aconteceu enquanto a aeronave taxiava na pista. Uma comissária de bordo ainda teria pedido a ela que se sentasse e colocasse o cinto de segurança, o que a mulher se recusou a fazer.

Publicidade

"Ela não estava bebendo no avião, mas obviamente estava bêbada, então poderia ter bebido no aeroporto", completou Jonathan.

O capitão da policia local, Jason Rivarde, disse que Kamaryn se recusou a sair do avião várias vezes, começou a lutar com eles e continuou a briga na ponte de embarque. A situação fez com que ela fosse contida em uma cadeira de rodas e levada para a delegacia do aeroporto.

Publicidade

*Sob supervisão de Odair Braz Jr.

Fedeu! Família é expulsa de avião por causa de 'odores corporais'

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.