Internacional Aluno espanca e deixa professora inconsciente depois de ter videogame retirado durante aula

Aluno espanca e deixa professora inconsciente depois de ter videogame retirado durante aula

Caso aconteceu no corredor de um colégio da Flórida, nos Estados Unidos, e polícia advertiu que docente não morreu por sorte

Agência EFE
Câmera de segurança registrou momento do ataque à professora dentro da escola

Câmera de segurança registrou momento do ataque à professora dentro da escola

Reprodução/Flagler County Sheriff's Office

Um jovem de 17 anos foi preso na Flórida, Estados Unidos, por espancar uma professora de sua escola até deixá-la inconsciente depois que esta lhe retirou um videogame durante uma aula, segundo informou a imprensa local neste sábado (25).

As câmeras de segurança da Matanzas High School, no condado de Flagler (leste da Flórida), registraram o espancamento, que aconteceu em um corredor do colégio, até que os seguranças chegaram e renderam o agressor -- assista abaixo ao vídeo com o momento da prisão.

Na gravação, divulgada neste sábado por vários meios de comunicação, é possível ver que o estudante continua agredindo a mulher já está inconsciente no chão, depois de a ter empurrado com tanta força que a fez cair a quase dois metros de onde estava.

O aluno, com necessidades especiais, tem mais de 2m de altura e pesa mais de 120kg , disseram fontes da escola.

Após o espancamento, segundo informações da polícia, ele cuspiu na vítima e ameaçou matá-la.

Por questões de privacidade, a escola não informou o estado de saúde da professora, que foi encaminhada a um hospital.

O jovem, por sua vez, foi internado em uma instituição para menores delinquentes para ser processado por agressão qualificada. O xerife do condado de Flagler, Rick Staly, disse em declarações à emissora “WESH”, de Orlando (centro da Flórida), que "poderia ter sido um homicídio".

"Quando você empurra as pessoas assim e elas batem com a cabeça, nunca se sabe o resultado", alertou. 

Últimas