Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Chegada de furacão deixa "pessoas alucinadas" na Flórida, diz brasileira

Marina Pernavia conta que água e comida enlatada já estão em falta 

Internacional|Marta Santos, do R7


Furacão Irma deixou mortos e rastro de destruição em ilhas do Caribe
Furacão Irma deixou mortos e rastro de destruição em ilhas do Caribe

O furacão Irma deve atingir o Estado norte-americano da Flórida nos próximos dias, após deixar um rastro de destruição e mortes pelo Caribe.

Sua chegada já preocupa os moradores desde a semana passada e tem causado sensação de pânico, afirmou nesta quinta-feira (7) ao R7 a brasileira Marina Pernavia, que mora na cidade de Jacksonville, no norte da Flórida.

— Eu moro aqui há dois anos e a situação está de um jeito que eu nunca tinha visto. As pessoas estão alucinadas aqui. Não se acha mais água e nem alimentos tipo comida enlatada ou pão, que não precisam ser cozidos. Gasolina também só tem alguns postos. Apesar de furacões serem comuns aqui, porque tem todo ano, as autoridades dizem que este pode ser tão catastrófico quando o furacão Andrew, que devastou a Flórida em 1992.

Furacão Irma deixa mortos e rastro de destruição em ilhas do Caribe

Publicidade

Catástrofes naturais revelam desigualdade entre países

No ano passado, o furacão Matthew quase atingiu a cidade de Marina.

Publicidade

— Quando ele estava chegando, acabou indo para o oceano. Mesmo assim, destruiu a praia e o píer, e inundou várias áreas da cidade. Ficamos quatro dias em casa e até recebemos alguns brasileiros que moravam em áreas de risco. Eu nem conseguia dormir nesses dias, porque o vento era muito forte. Dava muito medo.

Caso o furacão chegue à Flórida, a relações públicas de 24 anos explica que todos os moradores recebem avisos no celular, com orientações de como agir. Enquanto isso, ela e o marido também se preparam para qualquer eventualidade.

Publicidade

— A gente comprou muita água, para beber, tomar banho e dar descarga. Também vamos encher a banheira este fim de semana e deixar para emergências. Estamos procurando um lugar para colocar o carro, porque não sabemos se vai ter enchente. E ainda temos que arrumar um gerador.

Marina conta que escolas e órgãos públicos permanecerão fechados nos próximos dias e que algumas regiões da cidade, principalmente as áreas de praia e nas proximidades de rios, já receberam ordem de evacuação.

— Tem muita gente saindo da cidade, já está até com trânsito. No entanto, o governo fala para só sair de casa se você tiver um plano, um lugar para ficar, e não agir no desespero.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.