Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Coreia do Norte suspende acordo militar com a Coreia do Sul após lançamento de satélite

Internacional|

Governo norte-coreano também anunciou que vai enviar 'equipamento militar' para a fronteira com a Coreia do Sul
Governo norte-coreano também anunciou que vai enviar 'equipamento militar' para a fronteira com a Coreia do Sul Governo norte-coreano também anunciou que vai enviar 'equipamento militar' para a fronteira com a Coreia do Sul

A Coreia do Norte informou, nesta quarta-feira (22), que suspendeu o acordo firmado com a Coreia do Sul em 2018 para reduzir as tensões militares, um dia depois do lançamento por parte de Pyongyang de um satélite militar, segundo a agência de notícias sul-coreana Yonhap.

"Nos retiraremos das medidas militares tomadas para prevenir tensões militares e incidentes em todas as áreas, como terra, mar e ar, e colocaremos forças fortemente armadas e equipamento militar avançado nas zonas fronteiriças", afirmou o Ministério de Defesa norte-coreano, de acordo com a Yonhap.

O ministério declarou que não se deixará ser detido pelo acordo.

Nesta quarta-feira, a Coreia do Sul indicou que o acordo havia sido parcialmente suspenso e que retomaria as operações de vigilância na fronteira como resposta ao lançamento exitoso de um satélite espião por parte de Pyongyang na noite anterior.

Publicidade

O lançamento do satélite Mallingyong-1, perante o sorridente líder norte-coreano Kim Jong-un, foi condenado pelos Estados Unidos e seus aliados, que o consideraram uma "violação descarada" das sanções da ONU.

A Coreia do Norte afirmou que o satélite está em órbita, e que Kim Jong-un já revisou imagens de bases militares americanas em Guam. Segundo o Exército sul-coreano, o satélite entrou em órbita, mas é cedo demais para dizer se funciona.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.