Internacional Eleitores na Geórgia, nos EUA, voltam às urnas para eleger senador após disputa acirrada no primeiro turno

Eleitores na Geórgia, nos EUA, voltam às urnas para eleger senador após disputa acirrada no primeiro turno

Democratas terão controle do Senado com voto de desempate de Kamala Harris, mas pode garantir maioria com mais uma cadeira

Resumindo a Notícia

  • Eleitores da Geórgia votam nesta terça-feira (6) para eleger um senador
  • Lei estadual exige que candidato eleito tenha mais de 50% dos votos
  • Nem o candidato democrata e nem o republicano conquistaram esses votos
  • Disputa pode garantir ao Partido Democrata a maioria das cadeiras do Senado
Eleitores da Geórgia voltam às urnas para eleger o representante do estado no Senado

Eleitores da Geórgia voltam às urnas para eleger o representante do estado no Senado

WIN MCNAMEE / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP

O segundo turno das eleições para o Senado da Geórgia acontece nesta terça-feira (6) e o resultado das urnas pode garantir a maioria das cadeiras para o Partido Democrata.

Na apuração do primeiro turno, nem o democrata Raphael Warnock e nem o republicano, Herschel Walker conquistou a maioria simples dos votos, condição necessária por lei estadual para eleger um candidato para o legislativo.

O partido de Biden reverteu uma importante cadeira no Senado na Pensilvânia e manteve mais duas nos estados do Arizona e Nevada, dando aos democratas 50 assentos. Para alcançar a maioria no Senado, um partido precisa metade dos 100 assentos em disputa mais 1, ou seja, 51 eleitos.

Gal Roma, Gabriel Campelo / AFP

No atual cenário, os democratas, juntamente com os dois eleitos de partidos independentes, têm 50 cadeiras e os republicanos contam com 49.

Independentemente de quem vencer na Geórgia, o Partido Democrata tem uma vantagem: o voto de desempate no Senado é da vice-presidente Kamala Harris. 

O Senado supervisiona a confirmação de juízes federais e membros do gabinete e isso é de grande importância para quem está na Casa Branca.

Warnock superou Walker por pouco na eleição de 8 de novembro por 49,44% a 48,49%. Segundo pesquisa divulgada pelo Emerson College Polling / The Hill, os democratas devem obter 49% dos votos e os republicanos 47%, já os indecisos somam 4% do total.

Nos últimos cinco dias, mais de um milhão e meio de eleitores da Geórgia já depositaram suas cédulas de forma antecipada.

Últimas