Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Ex-conselheiro de Trump sobre Covid-19 nega ter tentado esconder a origem da pandemia

Especialista afirmou ao Congresso americano que alegações contra ele são ‘absurdas’ e que os republicanos distorceram seus emails

Internacional|Do R7

CIENTISTA ANTHONY FAUCI (REPRODUÇÃO/ Video: The Washington Post)

O cientista Anthony Fauci, 83 anos, ex-conselheiro norte-americano para a Covid-19, negou, nesta segunda-feira (3), ter orquestrado um esquema para encobrir a origem da pandemia do coronavírus.

Afirmou ainda que as alegações contra ele são “simplesmente absurdas”, em sua primeira audiência pública diante do Congresso, após ter deixado o cargo em 2022.

No início da emergência sanitária em 2020, Fauci era considerado o especialista em doenças infecciosas mais renomado dos Estados Unidos. No entanto, suas diferenças com Donald Trump ficaram evidentes quando o pesquisador começou a questionar as ações do então mandatário.

Durante a audiência, o cientista disse que os republicanos distorceram emails entre ele e outros estudiosos para acusá-lo de vazar informações sobre a origem do vírus. “Passamos a vida inteira tentando determinar as causas das doenças infecciosas e detê-las para proteger o povo americano”, falou Fauci.

Publicidade

De acordo com o Washington Post, não foram encontradas evidências de que o cientista tenha encobertado uma possível versão de que a pandemia teria surgido por um vírus criado em laboratório.

O jornal afirma ainda que o serviço de inteligência americano reuniu indícios de que a doença nasceu naturalmente, por meio da transmissão de animal para humano.


Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.