Internacional Executivo do Google morre em avalanche que atingiu monte Everest após terremoto

Executivo do Google morre em avalanche que atingiu monte Everest após terremoto

Dan Fredinburg era um experiente escalador e subia o morro com outros 3 colegas de trabalho

Reuters
Fredinburg estava subindo o morro com uma empresa especializada

Fredinburg estava subindo o morro com uma empresa especializada

Reprodução/Instagram

O executivo do Google Dan Fredinburg, que trabalhava no prédio do buscador localizado na Califórnia, nos Estados Unidos, está estre as vítimas da avalanche que aconteceu no monte Everest neste sábado (25). O desastre foi causado pelo terremoto devastador que atingiu o Nepal. 

Veterano no Google, o executivo era líder de privacidade no Google X e estava escalando o ponto mais alto da terra com outros três colegas de trabalho quando a avalanche foi gerada. No entanto, nenhum dos outros colegas foi afetado pelo desastre, disse a companhia em comunicado oficial.

O executivo teria sofrido o maior ferimento com impacto na cabeça durante a avalanche. A irmã dele, Megan, disse em uma rede social que “o espírito e a alma dele vive em muitos de nós”.

Fredinburg, que era um experiente escalador, estava subindo o Everest com uma empresa especializada nesse tipo de passeio. Ao confirmar a morte, a empresa disse que outros dois membros da equipe não sofreram ferimentos fatais na avalanche que atingiu seu acampamento base.

Mais cedo, uma equipe de montanhismo Exército indiano encontrou 18 corpos na montanha, disse um oficial do exército. O Ministério de Turismo do Nepal só confirma dez mortes, mas um porta-voz disse que o número de vítimas pode aumentar, e que a avalanche havia enterrado parte do acampamento base.

O terremoto deste sábado foi centrado entre as duas maiores cidades do Nepal: Kathmandu e Pokhara, foi o mais forte a atingir o país empobrecido de 28 milhões de pessoas em 81 anos e matou cerca de 1.400 pessoas.

Últimas