Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Há um ano o submarino Titan implodiu tentando chegar ao Titanic; Vídeo mostra o acidente

CEO de empresa de expedição, milionários e pesquisador morreram durante o trajeto até o famoso navio que naufragou em 1912

Internacional|Do R7


O minisubmarino Titan implodiu durante trajeto ao Titanic Reprodução/OceanGate

Ver de pertinho os destroços do Titanic, no fundo do Atlântico Norte, é um desejo de muita gente e foi isso o que um grupo de cinco pessoas tentou fazer no dia 18 de junho de 2023, há exatamente um ano. Mas o minisubmarino Titan, da empresa OceanGate, não suportou a pressão do fundo do mar e implodiu, matando todos os cinco tripulantes.

Stockton Rush (CEO da OceanGate) embarcou com os milionários Shahzada Dawood e seu filho Suleman Dawood, Hamish Harding e com o pesquisador Paul-Henri Nargeolet na expedição que desce a quase 4.000 metros de profundidade no Oceano Atlântico onde repousam os destroços do Titanic, o famoso navio que afundou em 14 de abril de 1912 após se chocar contra um iceberg.

LEIA MAIS

O desaparecimento do Titan — a base num navio perdeu contato com o submarino minutos após o início do trajeto — virou uma comoção mundial, com a mídia acompanhando minuto a minuto os trabalhos de resgate de equipes do Canadá e Estados Unidos. Ainda não se sabia que o veículo tinha implodido e como havia ainda um tempo de oxigênio, vários esforços foram feitos na tentativa de encontrar os tripulantes com vida.

Inicialmente acreditava-se que o Titan poderia ter ficado preso em algum lugar próximo ao Titanic e a guarda costeira dos EUA chegou a capturar barulhos vindos do fundo do mar, o que fez com que as buscas fossem intensificadas. Até um robô-submarino francês foi incorporado às buscas.

Publicidade

Mas todos esses esforços que duraram dias foram em vão. Porque o Titan implodiu poucos minutos após submergir e estima-se que isso aconteceu a 1.600 metros de distância do Titanic. O minisubmarino, que já havia feito várias viagens ao famoso navio, não suportou a pressão do fundo do mar e implodiu, matando instantaneamente as cinco pessoas que estavam a bordo.

FILME DE TERROR

Publicidade

Segundo declarações que o engenheiro José Luis Martín deu há um ano, estima-se que a tripulação do Titan percebeu cerca de um minuto antes que o acidente iria acontecer. Para o espanhol Martín, o Titan afundou descontroladamente durante 48 a 77 segundos.

Nesse momento, a tripulação já saberia da provável implosão do submersível, que ocorreu momentos depois. Para o especialista, uma falha elétrica no minisubmarino pode ter provocado a perda de controle. A partir daí, Martín descreve que o que veio a seguir foi um verdadeiro “filme de terror”. “O Titan muda de posição e cai como uma flecha na vertical, porque os 400 kg de passageiros desequilibram o submarino. O medo e a agonia. É como um filme de terror. Nesse período de tempo, eles estão percebendo tudo. E também em completa escuridão”, disse na época.

O acidente fez com que todas as expedições da OceanGate fossem interrompidas. Até hoje a empresa não oferece mais este tipo de serviço. Os destroços do Titan foram resgatados para análises mais específicas.

A animação abaixo mostra o que aconteceu ao submarino e com os corpos das cinco pessoas durante a implosão. Assista:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.