Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Onda de calor sem precedentes deixa 18 mortos em Maricopa (EUA)

Condado no estado do Arizona sob alerta de calor excessivo registra temperaturas de 43,3ºC ou mais há 23 dias consecutivos

Internacional|Do R7


Mulher caminha sob um ar-condicionado durante uma onda de calor recorde em Phoenix, no condado de Maricopa (EUA)
Mulher caminha sob um ar-condicionado durante uma onda de calor recorde em Phoenix, no condado de Maricopa (EUA)

Pelo menos 18 mortes confirmadas e 69 ainda por confirmar — esse é o saldo até agora da onda de calor que afeta o condado de Maricopa, no Arizona (Estados Unidos), onde estão sendo registradas há 23 dias consecutivos temperaturas de 43,3ºC ou mais, segundo informações oficiais e diversos meios de comunicação.

O Arizona é um dos estados americanos mais afetados pelo calor extremo de um mês de julho que bate recordes no Hemisfério Norte. Maricopa, onde está localizada a cidade de Phoenix, já viu os termômetros chegarem a 47,7ºC.

O alerta de calor excessivo estará vigente até 25 de julho em Maricopa, segundo o site da prefeitura, no qual as autoridades pedem às pessoas que tomem precauções para evitar sofrer o temido golpe de calor ou hipertermia.

Leia também

A empresa privada de meteorologia Accuweather informou, neste domingo (23), que, de acordo com seu índice, que mede tanto a duração de uma onda de calor quanto sua gravidade, esta é a mais intensa temperatura que Phoenix experimenta desde que os registros começaram, em 1895.

Publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

O recorde anterior de onda de calor foi em 1974, quando Phoenix sofreu 18 dias com temperatura máxima de 43,4ºC ou mais, que já foi superada, além do recorde de maior temperatura mínima diária, que é de 36,1ºC.

Neste fim de semana, mais de 75 milhões de americanos estão sob algum alerta, aviso ou advertência de calor extremo.

Publicidade

O mapa de calor do Serviço Meteorológico Nacional mostrou hoje cores mais escuras, correspondentes a temperaturas mais altas, em grande parte do Arizona e regiões da Califórnia, Nevada e Utah, bem como na área de Miami, na Flórida.

“Mantenha-se fresco, hidratado e informado” é o que recomenda o Departamento de Saúde de Maricopa para este domingo.

A imprensa local afirma que muitas pessoas devem ter cuidado para não usar o ar-condicionado o tempo todo por conta do custo da eletricidade, mas o calor é tão insuportável que é preciso deixá-lo ligado mesmo que não esteja em temperatura muito baixa.

Para aqueles que não têm essa possibilidade, abrigos foram montados para ajudá-los a enfrentar o calor.

Os youtubers vêm relatando os efeitos do calor extremo de uma forma muito visual, com vídeos mostrando como uma pizza ou biscoito cozinham em uma placa de metal dentro de um carro estacionado sob o sol de Phoenix.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.