Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Presidente ucraniano demite 28 membros de serviço secreto

Decisão de Zelenski representa a maior remodelação de seu governo desde o início da invasão do país pela Rússia em fevereiro

Internacional|Do R7


Presidente da Ucrânia, Volodmyr Zelenski
Presidente da Ucrânia, Volodmyr Zelenski

O presidente da Ucrânia, Volodmyr Zelenski, demitiu 28 membros do serviço secreto - o Serviço de Segurança, ou SBU - alegando que eles estão realizando seu trabalho "insatisfatoriamente".

O líder ucraniano pretende realizar uma "revisão aprofundada" de todo o serviço, conforme anunciou nesta terça-feira em uma mensagem de vídeo. A revisão será realizada, segundo ele, "em diferentes níveis e diferentes perspectivas".

Além dessas 28 demissões, no último dia 17 foram dispensados a procuradora-geral, Iryna Venediktova, e o próprio chefe do SBU, Ivan Bakanov.

As duas últimas foram ratificadas hoje pelo parlamento, pois, segundo a Constituição da Ucrânia, o presidente não tem o poder de tirá-los dos cargos.

Publicidade

A decisão de Zelenski representou a maior remodelação de seu governo desde o início da invasão do país pela Rússia, em 24 de fevereiro.

Leia também

Ao anunciar as demissões, Zelenski disse que mais de 60 funcionários do Ministério Público e do SBU, que eram chefiados pelos demitidos, permaneceram nos postos e "trabalham contra" o país.

Ele também afirmou que foram detectadas conexões entre as forças de segurança ucranianas e os serviços especiais russos, o que "constituiu um crime contra os fundamentos da segurança nacional".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.