Internacional Sobe para 120 o número de mortos após tumulto durante festa na Coreia do Sul

Sobe para 120 o número de mortos após tumulto durante festa na Coreia do Sul

Incidente ocorreu após concentração em distrito da cidade para eventos de Halloween; ao menos 150 pessoas ficaram feridas

  • Internacional | Do R7, com informações da Reuters e da AFP

Resumindo a Notícia

  • Número de mortos em um tumulto em Seul, Coreia do Sul, subiu para 120 pessoas
  • Por volta das 22h20, um grande número de pessoas caiu em beco estreito
  • Mais cedo, informações davam conta de ao menos 150 feridos
  • Autoridades disseram que estão investigando a causa exata do incidente
Pelo menos 120 pessoas morreram em tumulto na Coreia do Sul

Pelo menos 120 pessoas morreram em tumulto na Coreia do Sul

Kim Hong-ji/Reuters - 29.10.2022

O número de mortos em um tumulto em Seul, Coreia do Sul, subiu para 120 pessoas. O fato ocorreu após uma multidão se concentrar em um distrito central da cidade para festividades de Halloween na noite do último sábado (29), disse um oficial dos bombeiros.

Mais cedo, informações davam conta de ao menos 150 feridos.

O responsável do departamento dos bombeiros, Choi Seong-beom, disse que o incidente ocorreu por volta das 22h22, no horário local (10h22 em Brasília), e que muitas das vítimas foram pisoteadas até a morte.

"O alto número de vítimas resultou do fato de que muitos foram pisoteados durante o evento de Halloween", disse Choi, que acrescentou que o número de óbitos poderia aumentar.

O número de vítimas pode aumentar, pois o esforço de resgate ainda está em andamento.

"A área ainda é caótica, então ainda estamos tentando descobrir o número exato de pessoas feridas", disse Moon Hyun-joo, funcionário da Agência Nacional de Bombeiros.

Estrangeiros estavam entre os transferidos para hospitais próximos.

O presidente da Coreia do Sul, Yon Suk-yeol, presidiu uma reunião de emergência com assessores seniores e ordenou que equipes médicas de emergência fossem para a área, segundo seu gabinete.

As autoridades disseram que estão investigando a causa exata do incidente.

Últimas