Internacional 'Vovó do crime' é presa em Portugal acusada de comandar quadrilha

'Vovó do crime' é presa em Portugal acusada de comandar quadrilha

Espanhola de 79 anos foi apontada como chefe de esquema que trazia cocaína da Republica Dominicana para a Europa

Reuters
A droga chegava em contêineres que traziam corais da República Dominicana

A droga chegava em contêineres que traziam corais da República Dominicana

Divulgação / EFE - 3.8.2021

Uma espanhola de 79 anos foi presa por ser o cérebro de uma quadrilha que contrabandeava cocaína da América Latina à Europa escondida em remessas de coral, informou a polícia da Espanha nesta terça-feira (3).

Leia também: EUA: onda de furtos faz lojas fecharem as portas na Califórnia

Três membros da organização operavam um negócio de fachada que importava corais da República Dominicana para a Espanha via Portugal.

Os contêineres haviam sido modificados para ocultar os pacotes de cocaína em compartimentos secretos, disse a Guarda Civil espanhola, que descobriu 15 quilos da droga durante uma operação.

"Uma organização criminosa tinha uma estrutura hierárquica clara, na qual uma mulher de 79 anos exercia as funções de líder do grupo", disse a Guarda Civil em um comunicado.

A mulher, que é de Alio, perto de Tarragona, no nordeste espanhol, foi presa em Portugal com dois outros espanhóis de 26 e 60 anos que são de Alicante e Girona, no norte da Espanha.

Todos foram presos durante uma operação conjunta da Guarda Civil e da Polícia Nacional com a Polícia Judicial portuguesa.

A quadrilha chamou a atenção da polícia ao tentar arrecadar dinheiro de outros grupos criminosos para seu comércio ilícito.

Últimas