Logo R7.com
Logo do PlayPlus
JR 24H
Publicidade

JR Entrevista: Rui Costa diz que Congresso foi avisado que haveria veto nas emendas de comissão

Ministro da Casa Civil disse também que só 1/3 do total do PAC é de recursos públicos da União

JR Entrevista|Do R7

O convidado do JR Entrevista que foi ao ar às 19h30 desta quarta-feira (24) é o ministro da Casa Civil, Rui Costa. À jornalista Tainá Farfan, ele disse que o veto de R$ 5,6 bilhões nas emendas de comissão estava acordado com o Congresso. "O acordo que fizemos foi a manutenção do conjunto das emendas que existiam em 2023. E no caso de emendas de comissão, essas específicas [...]. Mas nesse caso específico, o acordo girava em torno de R$ 11 bilhões. E nós mantivemos e honramos esse acordo. Na oportunidade da publicação do relatório, o relatório saiu com R$ 17 bilhões. Ou seja, R$ 5, 6 bilhões a mais. Naquela oportunidade nós fizemos contato com representantes da Câmara e do Congresso para avisar que tinha ultrapassado aquele valor que nós tínhamos combinado e que haveria veto."

Rui Costa afirmou também que apenas um terço do total do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) é de recursos públicos da União. "Tem uma diferença deste PAC com o dos outros anos, onde o presidente lançou o PAC 1 e o PAC 2. Naquele momento o Brasil tinha um maior volume de recursos públicos disponíveis. Esse ano, como há uma restrição maior de recursos públicos, nós fizemos um PAC aonde boa parte dos recursos virá da iniciativa privada por projetos de concessão pública, de PPP - Parceria Público-Privada - e também de investimento direto de empresas privadas,” explicou.

O programa também está disponível na Record News, no R7, nas redes

sociais e no PlayPlus.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.