Minas Gerais Cidade a Cidade: saúde é o principal problema de Sabará (MG), diz pesquisa 

Cidade a Cidade: saúde é o principal problema de Sabará (MG), diz pesquisa 

Pesquisa sobre satisfação com serviços públicos foi feita no dia 04 de dezembro com 1.200 moradores   

  • Minas Gerais | Do R7

Nível de confiança da pesquisa é de 95%

Nível de confiança da pesquisa é de 95%

Divulgação/Prefeitura de Sabará

Um levantamento do Instituto Realtime Big Data, divulgado nesta terça-feira (05), aponta que a saúde é o principal problema de Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte, segundo a visão dos moradores. 

A pesquisa faz parte do quadro Cidade a Cidade, da Record Minas. O projeto também avalia a qualidade dos serviços públicos de cidades da Grande BH e de Divinópolis, na região centro-oeste.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

O levantamento também avaliou a visão da população sobre a gestão da prefeito Wander Borges. Veja os resultados:

Principais problemas de Sabará:

Saúde pública/Atendimento ruim/Falta de médicos: 20%

Segurança Pública/Violência: 17%

Saneamento básico: 12%

Transporte público: 11% 

Educação/Ensino Público: 10% 

Avaliação dos serviços:

Fornecimento de energia

Ótimo/Bom: 47%

Regular: 36%

Ruim/Péssimo: 16%

Não souberam ou não responderam: 1%

Transporte Público

Ótimo/Bom:  26%

Regular: 21%

Ruim/Péssimo: 50%

Não souberam ou não responderam: 3%

Saúde pública

Ótimo/Bom: 22%

Regular: 35%

Ruim/Péssimo: 38%

Não souberam ou não responderam: 5%

Ensino Público

Ótimo/Bom: 15%

Regular:  45%

Ruim/Péssimo: 34%

Não souberam ou não responderam: 6%

Iluminação Pública

Ótimo/Bom: 48%

Regular: 30%

Ruim/Péssimo: 17%

Não souberam ou não responderam: 5%

Coleta de lixo

Ótimo/Bom: 24%

Regular:  40%

Ruim/Péssimo: 30%

Não souberam ou não responderam: 6%

Abastecimento de água

Ótimo/Bom: 47%

Regular:  37%

Ruim/Péssimo: 13%

Não souberam ou não responderam: 3%

Saneamento básico

Ótimo/Bom: 12%

Regular: 31%

Ruim/Péssimo: 53%

Não souberam ou não responderam: 4%

Segurança Pública

Ótimo/Bom: 23%

Regular: 28%

Ruim/Péssimo: 48%

Não souberam ou não responderam: 1%

Avaliação do prefeito

Ótimo/Bom: 29%

Regular: 33%

Ruim/Péssimo: 35%

Não souberam ou não responderam: 3%

Aprovação do prefeito

Aprovam: 50%

Desaprovam: 47%

Não souberam ou não responderam: 3% 

Dados da pesquisa

A pesquisa do Instituto Realtime Big Data foi realizada no dia 04 de dezembro, com 1.200 moradores de Vespasiano. Destes, 53% são mulheres e 47% homens. A margem de erro é de 3 pontos percentuais. O nível de confiança é de 95%.

Últimas