Minas Gerais Coveiros vão embora e família enterra corpo de parente em MG

Coveiros vão embora e família enterra corpo de parente em MG

Parentes teriam chegado atrasados à cova e os trabalhadores já tinham saído do cemitério; enterro foi feito na cova errada

  • Minas Gerais | Shirley Barroso, da RecordTV Minas

Parentes enterraram corpo

Parentes enterraram corpo

Reprodução/RecordTV Minas

Parentes de um homem que morreu em Itaúna, a 70 km de Belo Horizonte, precisaram enterrar o corpo dele com as próprias mãos depois que os coveiros do cemitério municipal resolveram deixar o local. 

Os familiares de Vicente Queiroz estavam fazendo uma oração no velório e se atrasaram cerca de 15 minutos para chegar ao local do enterro.

De acordo com a nora dele, a família chegou à cova às 17h45 e o cemitério deveria funcionar até as 18h. Com a cova aberta, a família foi orientada a colocar o caixão dentro do buraco para que ele fosse sepultado somente na manhã desta sexta-feira (24). 

Indignados, os familiares decidiram sepultar o corpo de Vicente usando as próprias mãos, além de instrumentos que estavam no local. Além disso, eles tiveram que voltar ao cemitério na manhã desta sexta já que o enterro foi feito na cova errada. 

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Itaúna e aguarda posicionamento sobre o caso. 

Últimas