Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Deputadas Duda Salabert e Ana Paula Siqueira se unem na disputa pela Prefeitura de BH

Representantes do PDT e da Rede já haviam anunciado pré-candidaturas; cabeça da possível chapa ainda não foi confirmada

Minas Gerais|Pablo Nascimento, do R7

Deputadas Ana Paula Siqueira (rede) e Duda Salabert (PDT)
Ana Paula Siqueira e Duda já haviam anunciado pré-candidaturas (Reprodução / Instagram)

A deputada federal Duda Salabert (PDT) e a estadual Ana Paula Siqueira (Rede) anunciaram, neste sábado (08), união na disputa pela Prefeitura de Belo Horizonte em 2024.

Ambas parlamentares já haviam anunciado suas pré-candidaturas para o pleito. Apesar do anúncio da parceria, as deputadas ainda não informaram quem irá encabeçar a eventual chapa.

No anúncio, Duda se disse feliz com a união do PDT e da Rede entorno da campanha, “sabendo a importância de apresentar um programa para superar os problemas estruturais da cidade”. Ana Paula ressaltou que a ideia é trabalhar por uma “gestão que se comprometa com as causas sociais e socioambientais”.

Veja também

Costuras

Em meio às costuras, vale destacar que a Rede fechou, em 2022, federação com o PSOL. Assim, as legendas devem seguir caminho único no pleito de 2024. Nesta quinta-feira (6), a deputada Bella Gonçalves (PSOL), que também se apresentava como pré-candidata, anunciou compromisso com o PT em prol de fortalecer a esquerda na campanha deste ano em Belo Horizonte.

Publicidade

Questionada sobre a situação, Ana Paula Siqueira disse ao R7 que a articulação PSOL-PT “não foi discutida internamente na federação”. “Vejo com muita naturalidade que o partido e todas as pessoas que se colocaram à disposição nesta campanha avaliem os cenários”. comentou a parlamentar que não descarta uma união de todos os partidos citados.A parlamentar afirmou que o foco agora é a construção de um projeto de governo. Segundo ela, a definição sobre os nomes dos possíveis cabeças de chapa deve ficar para o período de convenção partidária.

“Eu, a Duda e demais candidaturas do nosso campo estamos conversando na perspectiva de construir uma plataforma de programa que seja construído a partir da participação das pessoas e de entender as dores e necessidades da cidade”, completou.

Apesar das articulações, a disputa ainda está na fase de pré-campanha. Os partidos e federações deverão realizar convenções entre os dias 20 de julho e 5 de agosto para confirmar os nomes que vão concorrer aos cargos. O registro das candidaturas deve acontecer até 15 de agosto.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.