Eduardo Costa depõe e nega ameaças à ex e ao cantor Clayton

Músico sertanejo e o irmão Weliton Costa prestaram depoimento em Belo Horizonte; denúncia diz que Eduardo não aceitava fim de relacionamento

Eduardo Costa falou sobre investigação

Eduardo Costa falou sobre investigação

Reprodução / Instagram

O cantor sertanejo Eduardo Costa e o irmão Weliton Costa prestaram depoimento, nesta terça-feira (14), em Belo Horizonte, sobre a denúncia de ameaça de morte feita pela ex-noiva e pelo namorado dela, o também cantor Clayton Lemos, dupla com Romário.

Na saída, Eduardo Costa falou com o jornalismo da Record TV Minas e negou que tenha feito as ameaças.

— Em primeiro lugar, isto nunca aconteceu. Eu não sou um homem covarde que sai por ai ameaçando pessoas.

Foram cerca de duas horas de depoimento no Juizado Especial Criminal Central, no bairro Padre Eustáquio, na região Noroeste da capital mineira.

As ameaças teriam sido feitas por mensagem de celular, no dia 23 de dezembro, porque Eduardo Costa não teria aceitado que Victória Villarim se relacionasse com Clayton, que é amigo e afilhado de Eduardo nos palcos. Os dois assumiram o namoro no final do ano passado.

Victória era bailarina de Eduardo e os dois engataram o relacionamento durante a turnê Cabaré. A história chegou ao fim em maio do ano passado. O cantor classificou o envolvimento amoroso entre a ex e Clayton como desleal.

— A gente se sente as vezes traído por pessoas que fazem parte do seu ciclo de amizade que usa sua casa, seu carro, cama e vida. Não que seja errado um amigo seu namorar uma ex-mulher sua, mas leal não é.

As denúncias de ameaça ainda ainda apontam a participação de Weliton Costa. Eduardo, no entanto, disse que não tinha consciência sobre o que o irmão teria falado e alegou que repreendeu Weliton assim que soube da situação.

— Meu irmão, em um momento no calor da emoçãom se excedeu e falou o que não deveria. Eu entendo ele por me ter como referência de pai. Eu tenho meu irmão como filho porque eu criei ele. Ele ficou revoltando com a situação. Quando eu soube o que ele tinha feito, eu chamei ele na minha casa e pedi que não fizesse isso mais porque é muito feio e nós não temos a intenção de prejudicar ninguém.

Weliton Costa se explicou sobre a publicação polêmica em uma rede social em que aparece segurando uma arma. O irmão de Eduardo disse que tudo foi uma brincadeira e que não teria sido uma ameaça a Cleyton.

— Na verdade estava acontecendo o papo da terceira Guerra Mundial e eu postei fazendo uma brincadeira no caso de haver guerra.

Veja mais: