Minas Gerais Homem gasta com prostitutas e faz B.O para esconder da mulher

Homem gasta com prostitutas e faz B.O para esconder da mulher

Após alegar que teria sido roubado e perdido R$1.000 e seu celular, homem foi detido pela polícia em Belo Horizonte  

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli e Samuel Resende*, do R7

Autor do crime passou o dia em casas de prostituição da rua Guaicurus, em Belo Horizonte

Autor do crime passou o dia em casas de prostituição da rua Guaicurus, em Belo Horizonte

Reprodução / Google Street View

Um homem de 44 anos foi preso em Belo Horizonte, nesta quarta-feira (10), após dizer à Polícia Militar que foi vítima de um assalto que não ocorreu. O suspeito alegou o susposto roubo para não contar à sua esposa que passou o dia em casas de prostituição na rua Guaicurus, no centro de Belo Horizonte. Ele vai responder por falsa comunicação de crime. 

Segundo a PM, o autor do crime disse que teria sido assaltado em uma passarela no bairro Lagoinha, região central de Belo Horizonte, próximo ao metrô. De acordo com ele, dois homens levaram sua carteira, com R$ 1.000 e seu celular.

A polícia checou o Olho Vivo e entrou contato com a CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) para verificar as imagens e localizar os suspeitos, mas não conseguiram encontrar um registro do roubo. Ao checar a informação novamente com o homem, ele confessou que não houve crime.

O suspeito, na verdade, gastou os R$ 1.000 com garotas de programa e, depois que o dinheiro acabou, ofereceu o celular como forma de pagamento. Para que a esposa não soubesse do seu paradeiro, inventou toda a história para os militares.

Com a falsa denúncia, os policias revistaram o homem e localizaram restos de Maconha em sua parte intíma. O autor foi detido e encaminhado para a delegacia.

*Estagiário do R7 sob supervisão de Lucas Pavanelli 

Últimas