Minas Gerais Investigação mira contratos da Prefeitura de Contagem (MG)

Investigação mira contratos da Prefeitura de Contagem (MG)

Operação analisa possíveis irregularidades em licitações de contratos firmados com empresas; atual prefeito da cidade não é alvo da ação

  • Minas Gerais | Kiuane Rodrigues, da Record TV Minas

Polícia cumpriu mandados em um prédio em BH

Polícia cumpriu mandados em um prédio em BH

Reprodução/Record TV Minas

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quarta-feira (7), uma operação que investiga possíveis fraudes em contratos da Prefeitura de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. 

Segundo a corporação, a ação analisa crimes de corrupção ativa e passiva e fraude de licitação. Foram expedidos nove mandados de busca e apreensão na capital mineira, Lagoa Santa, Juatuba, Santa Luzia e Contagem, ambas na Grande BH. 

Na capital, a Polícia Civil esteve em um prédio no bairro Castelo, na região da Pampulha. A corporação saiu do local levando sacolas com documentos, mas não repassaram quem seria o alvo no prédio.

Além disso, segundo a polícia, o objetivo é encontrar objetos que comprovem os crimes analisados pela investigação. Os agentes ainda informaram que o atual prefeito de Contagem, Alex de Freitas, não é alvo da operação. Até o momento ninguém foi preso.

A reportagem tenta entrar em contato com a Prefeitura de Contagem para comentar sobre a operação e aguarda retorno.

Últimas