Minas Gerais Ladrões cortam dedo de vítima para fazer saque com digital

Ladrões cortam dedo de vítima para fazer saque com digital

Empresário foi abordado enquanto trocava pneu do carro na BR-494, em Itapecerica; vítima passou por cirurgia na mão

  • Minas Gerais | Maria Luiza Reis*, da Record TV Minas

Suspeitos fugiram após o crime

Suspeitos fugiram após o crime

Pixabay/Reprodução

Um empresário teve dois dedos de uma das mãos cortados durante um assalto na noite de quinta-feira (15), em uma rodovia em Marilândia, distrito de Itapecerica, a 180 km de Belo Horizonte.

O crime aconteceu enquanto o empreendedor e um funcionário estavam parados na BR-494 para trocar o pneu furado do carro. Neste momento, dois homens teriam se aproximado com uma motocicleta e anunciado um assalto.

Segundo a PM (Polícia Militar) as vítimas tentaram fugir, mas foram ameaçadas pelos suspeitos, que estavam armados e deram tiros para o alto. Em seguida, um veículo com mais quatro comparsas se aproximou, conforme indica o boletim de ocorrência.

O grupo amarrou e vendou as duas vítimas, levando-as para locais separados em um matagal que fica à beira da rodovia. O empresário relatou à polícia que os suspeitos arrancaram suas dedos indicador e polegar da mão esquerda, alegando que iriam usar as digitais para fazer saques em bancos.

O grupo fugiu logo na sequência, deixando as vítimas no matagal. Eles levaram o carro do empresário, cartões bancários, carteiras com documentos, aparelhos celulares e um relógio.

O funcionário que viajava com o empresário encontrou ele na beira da rodovia e perdendo muito sangue. Eles foram socorridos por uma viatura da Polícia Militar, que levou as vítimas para o hospital da cidade. O empresário passou por cirurgia e o quadro de saúde é estável.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas