Minas Gerais Motorista de app reage a assalto e leva 7 facadas durante corrida

Motorista de app reage a assalto e leva 7 facadas durante corrida

Motorista ia de BH para Betim e foi esfaqueado perto do destino final; facada no tendão quase tirou o movimento de uma das mãos

  • Minas Gerais | Virgínia Nalon, da Record TV Minas

Um motorista de aplicativo reagiu a um assalto durante a madrugada desta sexta-feira (15) e foi esfaqueado sete vezes durante a corrida. Um dos suspeitos foi preso.

O motorista contou aos militares que a corrida foi solicitada por uma mulher, que iria do bairro Milionários, na região do Barreiro, em BH, para Betim, na região metropolitana da capital.

Ao chegar no local, três homens embarcaram. Durante o trajeto, eles pediram para que o motorista mudasse o percurso e passasse pelo bairro Glória, na região Noroeste da capital mineira. Ao chegarem próximo ao destino final, os suspeitos anunciaram o assalto.

O motorista reagiu e começou a brigar com os suspeitos enquanto dirigia o carro. Um dos passageiros pegou uma faca e deu pelo menos sete golpes na vítima, que perdeu o controle do veículo e bateu em um poste.

Motorista poderia ter pedido o movimento da mão

Motorista poderia ter pedido o movimento da mão

Reprodução / Record TV Minas

Confusão

Além do dano causado pela batida, a parte interna do carro apresenta vários sinais da briga entre motorista e passageiros. A vítima, que prefere não se identificar, conta detalhes da confusão.

— Um deles colocou a faca no meu pescoço e eu comecei a brigar com ele. Os outros dois fugiram e, quando eu tomei a faca do que estava atrás de mim, ele correu também.

Após a fuga dos suspeitos, o homem se deitou no chão e pediu ajuda. Uma moradora da região, que é taxista, conta que ouviu os gritos e percebeu que a vítima estava desnorteada.

Veja: Motorista de app é encontrado morto em matagal na Grande BH

Pouco depois, militares que patrulhavam a região socorreram a vítima. No hospital, foi constatado que uma das facadas quase atingiu um tendão do motorista, que poderia ter perdido o movimento de uma das mãos.

De acordo com a Polícia Militar, um dos suspeitos, de 18 anos, foi encontrado perto do local do crime, com marcas de sangue na roupa. Ele confessou a participação no assalto. Agora os militares pretender analisar as câmeras de segurança da rua para tentar identificar os outros dois suspeitos.

Últimas