Minas Gerais Motoristas fazem protesto contra possível venda de empresa de ônibus

Motoristas fazem protesto contra possível venda de empresa de ônibus

Manifestantes temem perder benefícios com a negociação; companhia fica em Sabará, mas coletivos rodam em BH

  • Minas Gerais | Leandro Wagner, da Record TV Minas comLucas Eugênio*, do R7

Motoristas de ônibus cruzaram os braços nesta terça-feira (20
)

Motoristas de ônibus cruzaram os braços nesta terça-feira (20 )

Reprodução/RecordTV Minas

Funcionários da Viação Torres cruzaram os braços, na manhã desta terça-feira (20), em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte. As linhas, que circulam na capital mineira, foram paralisadas depois que os colaboradores foram informados que a empresa seria vendida para o grupo Saritur.

Os empregados temem perder seus direitos. Segundo os funcionários, na reunião, eles foram informados que não seriam demitidos após a venda. Ao invés disso, eles deveriam solicitar a rescisão do contrato.

“Resolvemos parar hoje para que o dono da empresa pudesse trazer esclarecimentos para nós. Porque a Saritur atrasa 13°, fundo de garantia e não respeita os funcionários”, informou um dos funcionários.

A empresa Viação Torres é responsável por mais de 12 linhas e nenhum ônibus deixou a garagem na manhã desta terça-feira (20). Os funcionários pediram novas reuniões, para que os direitos deles sejam resguardados durante a negociação.

No início da manhã, segundo os colaboradores, a empresa esclareceu que a venda ainda não foi concluída. Os funcionários informaram que a circulação dos ônibus seria normalizada após a reunião.

A BHTrans informou que os ônibus da empresa voltaram a circular e que a operação já foi normalizada.

A reportagem procurou a Saritur e aguarda retorno.

*Estagiário sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas