Minas Gerais PC autua 21 pessoas que, mesmo com covid, furaram quarentena

PC autua 21 pessoas que, mesmo com covid, furaram quarentena

Investigados cometeram infração contra medida sanitária e podem ser multados e pegar de um mês a um ano de prisão

Pacientes chegaram a fugir de hospital, diz PC

Pacientes chegaram a fugir de hospital, diz PC

Reprodução/ Streetview

A Polícia Civil de Minas Geras autuou 21 pessoas que furaram a quarentena mesmo estando infectados pelo coronavírus e com determinação de manter o isolamento social. Elas podem ser multadas e até pegar entre um mês e um ano de prisão por "infração de medida snitária preventiva". 

Os casos aconteceram entre junho de 2020 e janeiro deste ano. As investigações policiais apontaram casos de pessoas que receberam diagnóstico positivo para covid-19 e, mesmo assim, fugiram do hospital onde estavam sendo atendidos ou deixaram suas casas, seja para irem a comércios ou mesmo a festas.

A ação violou a determinação de que elas mantivessem o isolamento social para evitar que espalhassem o vírus para outras pessoas. De acordo com o delegado João Carlos Garcia Pietro Júnior, as inevstigações comprovaram a conduta das pessoas, que infringe o artigo 268 do Código Penal.

Últimas