Minas Gerais Suposto bullying em escola termina com briga generalizada em BH

Suposto bullying em escola termina com briga generalizada em BH

Vídeo mostra a pancadaria entre pais e alunos da Escola Estadual Margarida Brochado, na região do Barreiro

  • Minas Gerais | Helen Oliveira, Record TV Minas

Aluna deficiente visual é agredida em escola em BH

Aluna deficiente visual é agredida em escola em BH

Reprodução/ Record TV

Uma suposta prática de bullying contra uma estudante deficiente visual terminou com uma briga generalizada, nesta quarta-feira (5), na Escola Estadual Margarida Brochado, na região do Barreiro em Belo Horizonte.

Um vídeo mostra a confusão entre pais e alunos. Renata Kelen Caldeira, mãe da aluna deficiente, conta que a confusão aconteceu quando outra estudante, que é filha da cantineira, teria ameaçado Ana Beatriz Caldeira Jaques Dias, de 18 anos.

Ana não enxerga pelo olho esquerdo. Ela é aluna da escola há quatro anos e, segundo a mãe, sempre foi vítima de bullying por parte de alguns alunos.

''Minha filha contou que a aluna queria bater nela. De imediato, fui à escola acompanhada da minha outra filha ver o que estava acontecendo”, conta Renata Kelen Caldeira mãe de Ana.

No vídeo, é possível ver uma mulher de blusa e short dando um murro e um tapa na estudante. O pai da aluna que teria cometido o bullying defende a filha.

"O pai está falando que vai me matar a qualquer momento, dizendo 'vamos ver quem morre primeiro'. Ele fica me vigiando enquanto estou na escola", relatou Ana Beatriz.

A Polícia Militar foi ao local e registrou um boletim de ocorrência. A Secretaria Estadual de Educação esclareceu que mandou um inspetor à escola para apurar o caso e tomar as medidas administrativas necessárias.

Veja as imagens da briga:

Últimas