Minas Gerais Suspeito de matar namorado de ex a tiros é julgado no Norte de Minas

Suspeito de matar namorado de ex a tiros é julgado no Norte de Minas

Acusado não aceitava novo relacionamento da ex e atirou contra mecânico em Padre Carvalho (MG); colega que estava com ele foi inocentado

  • Minas Gerais | Célio Ribeiro*, do R7

Câmeras do posto de combustível flagraram o crime

Câmeras do posto de combustível flagraram o crime

Reprodução / Twitter

Um homem suspeito de matar a tiros um mecânico na cidade de Padre Carvalho, a 659 km de Belo Horizonte é julgado nesta segunda-feira (14). O motivo do assassinato seria o relacionamento da vítima com a ex-namorada do acusado.

No dia 22 de novembro de 2019, Alan Pereira dos Santos foi até um posto de gasolina em que a vítima, Gustavo Alexandre de Lima, trabalhava. Aproveitando um momento de distração da vítima, Alan sacou uma arma de fogo e disparou diversas vezes. Gustavo ainda tentou fugir, mas acabou não resistindo aos ferimentos. O suspeito está preso desde janeiro.

Veja: Mala é confundida com bomba e fecha terminal na Grande BH

Denúncia

Inicialmente, haviam sido indiciados o atirador e um homem que estava junto com ele em uma moto, mas a Justiça entendeu que o carona não tinha ligação com o crime. Testemunhas relataram que o outro homem, que estava na garupa, ficou em estado de choque no momento do assassinato.

A pena para assassinato no Brasil é de até 20 anos de prisão, mas o acusado pode receber uma condenação mais alta por motivo fútil e utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima. O julgamento está previsto para começar às 9h e será o primeiro júri presencial da comarca de Salinas, a 660 km de Belo Horizonte, desde março.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli

Últimas