Minas Gerais Vídeo flagra aluno humilhando professora em escola no norte de Minas

Vídeo flagra aluno humilhando professora em escola no norte de Minas

Estudante de 14 anos xinga e agride a docente em uma escola estadual de Araçuaí

Vídeo flagra aluno humilhando professora em escola no norte de Minas

O vídeo de uma briga entre um aluno de 14 anos e uma professora na Escola Estadual Dom Jose de Haas, em Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, provocou revolta no Facebook. O estudante xinga a professora, joga os livros dela no chão, dá tapas e, não satisfeito, ainda passa a mão nas partes íntimas da educadora.
O jovem estuda na 6º série e, segundo a vice-diretora, esteve internado por decisão judicial em 2014 por ter agredido um jovem com um tijolo. Silvana da Cunha Melo reclama:

— Ele nunca respeitou ninguém, não tem limite. A professora ficou tão constrangida que nem denunciou no dia. Quando fiquei sabendo, a levei na delegacia para fazer boletim de ocorrência. O vídeo não mostra, mas ele chegou a dar um chute nela.

O caso aconteceu no dia 10 de abril deste ano, mas o vídeo só foi postado na internet nesta semana. Silvana explica que não permitiu a entrada do aluno na escola depois do episódio.

— No dia 23 de abril convocamos o colegiado e ficou decidido que ele não seria mais aceito até uma decisão judicial, que até hoje não ocorreu. Em protesto, ele veio até a porta da escola, ficou chutando o portão e ameaçou quebrar o meu carro

Leia mais notícias no R7 MG

Segundo a vice-diretora, o jovem tem estrutura familiar "complicada".

—  O irmão mais velho já foi preso, o lugar em que mora é difícil, tudo contribui. Quando os pais não ajudam na formação, não comparecem na escola, é complicado. Hoje em dia o aluno faz o que quer e o professor não é respeitado

As agressões são testemunhadas por outros alunos, que riem. "Você é feia, desconfia. Você tem homem?". Ele joga os livros no chão e dá ordens: "vai pegar, p..., vai pegar agora". Ele ainda toca as partes íntimas da educadora.  "Está com medo de se sentir ofendida? nao vai falar nada? Você está tremendo, querida? E se eu pegar nos seus p...? Vagabunda". Diante das agressões, a professora também perde o controle, xinga e chega a dar um tapa no aluno

Em nota, a Secretaria de Educação afirma que uma superintendente e uma coordenadora vão a Araçuaí nesta quarta-feira (27) para apurar o caso e têm reunião marcada com a direção da escola, professores pais e o colegiado. A secretaria afirma que " a primeira providência será identificar os antecedentes sem perder de vista os dois sujeitos envolvidos na situação" e que "sabe da importância de desenvolver ações com foco na prevenção e enfrentamento da violência física e psicológica no ambiente escolar". A professora F.L.L. não foi encontrada na escola nesta terça-feira (26) para dar entrevista.