Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Falso: Projeção em prédio é símbolo da Copa do Mundo no Catar

Na realidade, vídeo mostra festival de luzes interativo projetado em arranha-céu na China e na baía de Tóquio, no Japão

MonitoR7|Ana Luiza Pêgo*, do R7

Copa do Mundo acontece nos últimos meses do ano por conta das altas temperaturas no deserto catari
Copa do Mundo acontece nos últimos meses do ano por conta das altas temperaturas no deserto catari Copa do Mundo acontece nos últimos meses do ano por conta das altas temperaturas no deserto catari

A Copa do Mundo acontece só no final do ano, entre os dias 21 de novembro e 18 de dezembro. Porém, isso não significa que não vão surgir notícias falsas sobre o evento até lá.

Desta vez, um vídeo mostra uma projeção de luzes em um prédio e afirma que é uma divulgação do "Símbolo da COPA no Katar".

A autora da publicação também comenta o uso da tecnologia nas projeções e classifica como "surpreendente". Nas imagens, um boneco animado escala o prédio e enfrenta desafios para chegar ao topo. No final, o personagem consegue subir até o fim e alcança a lua, que logo se torna uma espécie de bola de basquete.

O boneco, então, arremessa a lua na cesta e um verdadeiro show de luzes comemora o feito do pequeno personagem. O vídeo está circulando principalmente no Facebook e no WhatsApp.

As imagens são realmente surpreendentes, mas nenhuma informação é verdadeira. Alguns elementos do vídeo já denunciam que tem algo errado na história, como os aros olímpicos que aparecem projetados em determinado momento e a escrita no prédio, que não está no alfabeto árabe, que é o usado no país sede da Copa do Mundo. 

Dessa forma, o MonitoR7 fez uma busca reversa com as imagens e chegou em um veredito: o vídeo foi gravado em Shandong, província no leste da China. De acordo com jornais locais, no dia 18 de junho desse ano, o Centro Haitiano, que é o edifício mais alto da província, realizou o primeiro show de luzes interativo em Shandong - chamado Fushan Bay Building Realistic Light Show + Mobile AR Light Show.

A história contada pelas projeções mostram um personagem que está perseguindo os próprios sonhos e encontra obstáculos no caminho. Elementos tradicionais da cultura chinesa também aparecem no enredo, como o dragão chinês, por exemplo.

Luzes, sombras e cores fazem parte do espetáculo que, segundo os jornais locais, representam a conexão entre passado e futuro da cidade Qingdao, onde fica o prédio. 

A Fifa divulgou na sexta-feira (1/4/2022) a mascote oficial da Copa do Mundo do Qatar.
A Fifa divulgou na sexta-feira (1/4/2022) a mascote oficial da Copa do Mundo do Qatar. A Fifa divulgou na sexta-feira (1/4/2022) a mascote oficial da Copa do Mundo do Qatar.

"Situado entre a cidade velha a oeste e o novo distrito a leste, o Centro Haitiano conecta o passado e o futuro de Qingdao, conectando a glória da antiga Qingdao e o sonho da nova Qingdao", diz o portal Sohu.

O espetáculo foi criado pela equipe Guoxin Media, uma subsidiária do Qingdao Guoxin Group, empresa estatal. Criação e direção foram assinadas por poetas e escritores conhecidos na cidade.

De acordo com Qi Wenli, gerente geral da Guoxin Media , os shows de luzes são cada vez mais populares por sua expressividade em grandes festivais e celebrações.

"Estamos fazendo este show de luzes com a ideia de MR, adotando a forma de 'interação dual-mode', com foco na criatividade cultural, narração tecnológica e capacidade expressiva. Haitian Center [Centro Haitiano, em português] não é apenas um marco brilhante, mas também marca um novo símbolo da cultura urbana", disse Wenli.

Ainda em abril desse ano, a Fifa anunciou a mascote oficial da Copa do Mundo do Catar. Com o nome de La'eeb, a mascote, fez sucesso na internet e é inspirada nas vestimentas típicas do país. 

Logo, além de todo o resultado da busca reversa, existem muitas evidências de que o vídeo foi usado fora de contexto e as informações compartilhadas nas publicações também não são verdadeiras. A começar pelos aros olímpicos, que não têm relação com a Copa do Mundo. Os escritos em outro alfabeto, que não o árabe. E também, o fato do personagem estar jogando basquete e não futebol. Por último, as imagens são da baía de Tóquio, palco da última Olimpíada no Japão.

Um dos aspectos mais comuns das notícias falsas é o erro gramatical, que pode ser visto na grafia da palavra Catar. Na legenda do vídeo, o nome do país está com a letra "K", sendo que essa não é uma das formas corretas de escrita. Originalmente, se escreve Qatar. No Brasil, o termo passou a ser escrito com a letra "C", logo, o correto seria Catar.

Ainda no início do vídeo, é possível ver que as pessoas que estão assistindo à demonstração são asiáticas (e não se parecem com as pessoas do Oriente Médio).

Além disso, todas as mulheres aparecem sem o hijab (acessório obrigatório às cataris, nativas do país). Vale lembrar que as turistas não são obrigados a usar o lenço. Por último, o vídeo não consta em nenhuma página oficial da Fifa ou do governo do país-sede. 

Mais fake news

Não é a primeira vez que a província esteve relacionada a temas olímpicos. Em 2008, a cidade de Qingdao foi palco para as competições de bela, durante a Olimpíada de Pequim. O Centro de Vela tem uma área de 450 mil metros quadrados e fica localizado na baía de Fushan, justamente onde foi gravado o vídeo viral. O local recebeu as 11 classes da modalidade nos Jogos.

O Brasil estreará na Copa do Catar 2022 contra a Sérvia, em 24 de novembro, uma quinta-feira, às 16 horas (de Brasília). Ainda na fase de grupos, a seleção brasileira enfrentará a Suíça, no dia 28, às 10 horas; e, quatro dias depois, às 16h, pegará Camarões.

Ficou em dúvida sobre uma mensagem de aplicativo ou postagem em rede social? Encaminhe a questão para o MonitoR7 que nós a checaremos para você: (11) 9 9240-7777 ou monitor@recordtv.com.br

*Estagiária do R7, com edição de André Avelar

Uniformes da Copa: veja as camisas já lançadas pelas seleções 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.