Marcão não crê em vantagem rival no Clássico dos Clássicos

Possível titular no final de semana, volante de 29 anos afirma que "quem tiver mais foco" ganhará o jogo

Possível titular no final de semana, volante de 29 anos afirma que

Possível titular no final de semana, volante de 29 anos afirma que

Folha de Pernambuco

O Sport faz sua estreia no Estadual neste domingo (19) contra o Náutico. Porém, o torcedor rubro-negro vive a expectativa de qual formação entrará em campo no Clássico dos Clássicos. Com o clube impedido de inscrever jogadores, o técnico Guto Ferreira vive a incerteza de quem poderá escalar para a partida. Até por isso, tem fechado os treinos desde a última quarta (15). Possível titular, o volante Marcão acredita que a estratégia usada pelo treinador é válida. Principalmente por se tratar de um jogo pesado logo na abertura da competição.

"Quando se fala em clássico, envolve muita coisa. Não será o primeiro, nem o último. Essas coisas nos ajudam a se concentrar mais. Em clássico pode mudar muita coisa. É preciso foco, concentração, e o treino fechado é válido. Pode ser uma surpresa a mais para o adversário", ressaltou o jogador de 29 anos.

Diferente do Sport, que se reapresentou às atividades com o grupo principal no último dia 02, o Náutico vem trabalhando desde o início de dezembro. Apesar do rival estar um mês à frente na preparação, Marcão acredita que dentro de campo qualquer favoritismo deixa de existir.

"Não existe vantagem. Depois que o juiz apitar será 11 contra 11. Vai ganhar quem correr mais, quem tiver mais foco. Pode preparar o ano todo e isso não quer dizer que o time com 15 dias de trabalho não pode ganhar. Acredito que essa diferença de tempo de trabalho não vai ser vantagem", falou o volante.

Leia também:
Sport renova com Luan Polli por mais uma temporada
Guto fecha treino e não dá pistas para estreia no Estadual