Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Autos Carros
Publicidade

Conheça 5 carros que custam metade de uma Spin nova e levam 7 pessoas

Lista conta com Kia Sorento, Hyundai Veracruz, Fiat Freemont, entre outros

Autos Carros|Marcos Camargo JrOpens in new window


Chevrolet Spin 2025: veja o que mudou, versões e preços
Chevrolet Spin 2025: veja o que mudou, versões e preços

A Chevrolet lançou recentemente a Chevrolet Spin 2025, com uma boa remodelação visual e também de itens de segurança. Porém, o preço da Spin Premier 2025 é de R$ 144 mil, inacessível para muita gente que não pode pagar por um carro zero quilômetro.

NOVA SPIN 2025: primeiras impressões do design, novos itens de série e interior. Veja o vídeo!

Para economizar um pouco

Uma alternativa um pouco mais em conta é o Citroën C3 Aircross, cujos preços estão entre R$ 117 e R$ 137 mil. Mas, mesmo assim, custando menos que uma Spin, muitos consumidores que precisam levar 7 pessoas não têm um veículo novo mais em conta e precisa partir para um usado.

Citroën C3 Aircross sete lugares

Confira boas opções de usados

Neste universo, apesar da manutenção sempre importante temos que considerar, um usado em bom estado pode custar metade do preço de uma Chevrolet Spin. Quais são essas opções?

5 carros que custam metade de uma Spin nova e levam 7 pessoas Internet/Reprodução

Kia Sorento 2011: R$ 65 mil

Uma alternativa no mundo dos usados é o Kia Sorento 2011. Tem motor 2.4 de 172cv e câmbio automático de seis velocidades com tração 4x4. É uma alternativa mais econômica que o Sorento com motor V6 de consumo e manutenção bem mais altos. Traz itens como ar digital, conjunto de airbags e muito espaço para sete pessoas. É preciso ter atenção aos carros com alta quilometragem sem histórico de manutenção. Carros com comprovante de manutenção e reparos com nota fiscal merecem atenção.

Publicidade
5 carros que custam metade de uma Spin nova e levam 7 pessoas Internet/Reprodução

Hyundai Veracruz 2008: R$ 48 mil

Outra opção com sete lugares é o Hyundai Veracruz, que fez muito sucesso nos anos 2000 pelo desenho arrojado e o potente motor V6 de 270cv com 36kgfm de torque e tração integral permanente. É espaçoso, silencioso e confortável, mas a falta de manutenção pode doer e muito no bolso, então é preciso inspecionar o carro com calma. Outro ponto é o consumo que pode chegar a 5km/l na cidade e 9km/l na estrada.

5 carros que custam metade de uma Spin nova e levam 7 pessoas Internet/Reprodução

Fiat Freemont 2012: R$ 52 mil

Outra opção para quem precisa de espaço é o Fiat Feeemont 2012, bem como seu “irmão de projeto” do Dodge Journey. A Fiat equipava o Freemont com motor 2.4 de 172cv e 22kgfm de torque que também foi usado em algumas versões da Fiat Toro. Sua manutenção não é complicada, mas já não é fácil achar itens para esse motor o que pode dificultar um pouco. Outro ponto será o consumo pois o câmbio do carro tem apenas quatro marchas mas fica entre 7km/l na cidade e 10km/l na estrada.

Publicidade
5 carros que custam metade de uma Spin nova e levam 7 pessoas Internet/Reprodução

Citroën C4 Picasso 2016: R$ 85 mil

Uma boa opção “custo benefício” e com um veículo de projeto mais novo é o Citroën C4 Picasso. Bem espaçoso e arrojado esse veículo também é muito bem equipado e vem com motor 1.6 turbo THP de 165cv e 24kgfm de torque com câmbio de seis marchas que é rápido e com consumo razoável entre 9,9km/l e 12km/h. No entanto, esse motor demanda manutenção cuidadosa e bom lubrificante bem como combustível. Negligências na manutenção saem caro no bolso então é preciso analisar com calma antes de fechar negócio.

5 carros que custam metade de uma Spin nova e levam 7 pessoas Internet/Reprodução

Jac T80 2019: R$ 100 mil

Quem quiser optar por um SUV de porte e desempenho tem como opção o Jac T80. Seu desenho ainda é bem atual e se passa por um modelo novo embora tenha saído de linha e embora a rede de concessionários da Jac seja bem reduzida hoje em dia. Mas sua mecânica é interessante: 2.0 turbo de 210cv e 30kgfm de torque combinado com câmbio automatizado de dupla embreagem DCT de seis marchas. Será difícil achar peças de reposição mas a mecânica é bem confiável e com bom desempenho.


Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.