Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Autos Carros
Publicidade

BYD Seal e Neta GT: Brasil terá o 1º duelo de esportivos chineses elétricos; veja quem leva vantagem

Primeiro veículo que a marca do grupo Hozon apresentou é um cupê com motor 100% elétrico

Autos Carros|Marcos Camargo JrOpens in new window

Neta Hozon (Neta Divulgação) Marca NETA chega ao país ainda este ano com três modelos em uma primeira fase

A estreia da marca Neta nesta semana deverá marcar uma segunda fase de expansão dos chineses que vendem aqui veículos eletrificados. O primeiro veículo que a marca do grupo Hozon apresentou é um cupê com motor 100% elétrico. Aliás, dois motores, um posicionado em cada eixo. E com a futura estreia do Neta GT teremos aqui no Brasil o primeiro duelo de esportivos chineses elétricos.

Duelo entre chineses, pois já existem outros esportivos como o BMW i8, hoje não mais disponível, e também o Audi e-tron GT, além do Porsche Taycan.

BYD Seal: testamos o elétrico com potência de e-tron e Taycan
BYD Seal: testamos o elétrico com potência de e-tron e Taycan BYD Seal: testamos o elétrico com potência de e-tron e Taycan (Marcos Camargo Jr. )

Frente a frente

Voltando ao Oriente, a Neta ainda é uma empresa pequena diante da rival. A BYD oferece com sucesso o Seal EV. Qual destes novos esportivos elétricos anda mais? Vamos ao comparativo que irá se concentrar no motor e desempenho.

Carrocerias diferentes

Com perfil afilado e esportivo, o BYD é o sedã cupê 100% elétrico. Visualmente ele traz formas orgânicas, porte médio de 4,80m de comprimento, 2,92m de entre-eixos, 1,49m de altura e 1,91m de largura.

Publicidade
Neta Hozon (Neta Divulgação) Marca NETA chega ao país ainda este ano com três modelos em uma primeira fase

Já a Neta oferece o GT com 4,71m de comprimento, 1,79m de largura e 1,45m de altura e uma distância entre-eixos de 2,77m. O carro estreante não parece oferecer o mesmo espaço do rival, embora tenha no DNA uma proposta mais arrojada, enquanto no BYD a ideia do Seal seja um sedã esportivo.

BYD Seal, último lançamento da marca no mercado brasileiro
BYD Seal, último lançamento da marca no mercado brasileiro BYD Seal, último lançamento da marca no mercado brasileiro

Motor elétrico com a mesma receita

O BYD Seal EV tem baterias do tipo blade (lâmina) de lítio ferro fosfato LFP e motores elétricos – um por eixo – de 395kw ou 531cv com 68kgfm de torque e 0-100k/h em 3,8s. As baterias de 82,5kw rendem 512km (ciclo WLTP), na prática, uns 450km rodando nas condições do Brasil, o que só está disponível em modelos de marca premium.

Publicidade
NETA GT

Já o Neta GT tem dois motores - a mesma fórmula do rival. São 462 cv e uma aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 3,7 segundos, além de baterias de 64,2 kWh de capacidade com uma autonomia máxima de 562 km no ciclo CLTC. Como o GT não está homologado ainda não foram feitos testes pelo Inmetro.

Interior do BYD Seal elétrico: mais espaço para os passageiros
Interior do BYD Seal elétrico: mais espaço para os passageiros Interior do BYD Seal elétrico: mais espaço para os passageiros

Conclusão

Uma análise mais detida será feita posteriormente, uma vez que o Neta GT ainda não tem dados de desempenho e autonomia aferidos no Brasil. Em um primeiro momento o sedã da BYD parece ter clara vantagem sobre o rival.

Publicidade
NETA GT

É maior, oferece mais espaço para os passageiros e também é mais potente. No entanto, não é o mais rápido. A fórmula da Neta será oferecer a eletrificação acessível e nos resta é saber quanto mais acessível poderá ser em relação aos seus rivais diretos.


Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.