Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Autos Carros
Publicidade

Justiça considera greve da Renault ilegal e fábrica retoma produção no Paraná

Linha de montagem estava parada desde o dia 07 de maio

Autos Carros|Marcos Camargo JrOpens in new window

Justiça considera greve da Renault ilegal e fábrica retoma produção no PR (Raquel Kriger)

A Renault retomou nesta semana a produção de veículos em São José dos Pinhais, no Paraná. A fábrica estava parada desde o dia 07 de maio e, após uma decisão do Tribunal Regional do Trabalho que determinava uma multa de até R$ 100 mil por dia, os funcionários retomaram a produção dos veículos.

Estima-se que mais de 16.000 veículos tenham deixado de ser produzidos em quase um mês de greve, o que levou a uma fila de espera pelos modelos produzidos no Complexo Industrial Ayrton Senna.

Justiça considera greve da Renault ilegal e fábrica retoma produção no PR (Raquel Kriger )

No despacho do desembargador Marco Antonio Vianna Mansur, a Justiça considerou “absoluto desprezo à Lei e ao Poder Judiciário, sendo presumível que assim age na certeza de contar com o beneplácito do Judiciário para ter reduzido o valor ou ser isento do pagamento da multa”.

Justiça considera greve da Renault ilegal e fábrica retoma produção no PR (Raquel Kriger)

O sindicato dos trabalhadores contestou o valor do pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e cobra um reajuste salarial com ganhos reais, e não só a recomposição dos índices de inflação.

Publicidade
Justiça considera greve da Renault ilegal e fábrica retoma produção no PR (Raquel Kriger)

A planta de São José dos Pinhais tem cerca de 5.000 funcionários que produzem o Kardian, Kwid, Duster, Oroch e Master.


Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.