Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Autos Carros
Publicidade

Teste: Royal Enfield Super Meteor 650 é um passo adiante

Modelo topo de linha da marca oferece experiência de pilotagem agradável e impressiona pela qualidade percebida

Autos Carros|Marcos Camargo JrOpens in new window


Teste: Royal Enfield Super Meteor 650 é um passo adiante

A chegada da Royal Enfield Super Meteor 650 ao Brasil era aguardada pelos clientes da marca e nem tanto pelos concorrentes. Na faixa de preço dos R$ 34 mil ainda não havia nenhuma moto com essa proposta estradeira. Existem motos interessantes como a Kawasaki Vulcan ou a nova linha Triumph 400, mas nenhuma delas exatamente “retrô” com perfil de pilotagem de moto de passeio. Isso começa a mudar agora e o R7-Autos Carros teve um primeiro contato com a Royal Enfield Super Meteor 650 em Brasília/DF, durante o lançamento nacional.

ROYAL ENFIELD SUPER METEOR 650 lançamento no Brasil: qual a proposta? Anda bem? E os preços? Veja o vídeo!

Mais do que uma moto retrô como as demais da Royal Enfield, a  Super Meteor 650 traz um degrau acima em quesitos como montagem e qualidade percebida. Se as primeiras motos da marca pecavam pelo acabamento a Super Meteor 650 causa boa impressão. Bem acabada tem fios e conexões bem feitos e isolados, metal de boa espessura e qualidade dos encaixes que não fica devendo a nenhuma marca concorrente.

Estilo de sobra

O visual de Cruiser dá o tom para a Super Meteor que tem tanque de grandes dimensões, pedais avançados, duplo escapamento cromado e longo e os faróis em LED. A Super Meteor 650 é uma Royal Enfield com perfil mais baixo de posição para pilotar com posição ereta para o piloto. Com o guidão mais elevado traz uma pilotagem “descansada”. Ainda peca pelos retrovisores pequenos mas o cromo de qualidade chama a atenção.

Teste: Royal Enfield Super Meteor 650 é um passo adiante

O estilo da Super Meteor remonta uma tradição de motocicletas que estrearam na Inglaterra em 1948 pela Royal Enfield. Destinadas a viagens, inicialmente essas motos eram 400cc ou 500cc e evoluíram ao longo do tempo inspiradas pelas motos clássicas de marcas como Harley Davidson, Indian e modelos de apelo retrô das tradicionais Honda, Yamaha e BMW de hoje.

Publicidade
Royal Enfield lança Super Meteor 650 e mantém preço de pré venda

Há vários detalhes em alumínio forjado como a mesa onde se apoiam os amortecedores da  Super Meteor 650 e o painel é do tipo digital com o Tripper que permite a conexão com celulares e facilita a locomoção com indicação de um mapa.

Motor conhecido

O motor da Super Meteor 650 é o mesmo da Interceptor e Continental GT apenas com um ajuste de calibração em função do câmbio. Trata-se de um 648cc de dois cilindros com dupla saída de escapamento, que desenvolve 47cv e 5,3kgfm de torque combinado com transmissão de seis velocidades, freios ABS e transmissão final por corrente. Traz suspensão dianteira invertida  com amortecedores Showa e bom curso.

Publicidade
Teste: Royal Enfield Super Meteor 650 é um passo adiante

O conjunto mecânico da  Super Meteor 650 é bem tradicional no restante. Tem posição de pilotagem baixa com assento em couro e amortecedor traseiro invertido com ajuste de pré carga na mola. O freio ABS Bybre de duplo canal usa freios de 320mm na dianteira e 300mm na traseira.

Na  Super Meteor 650 não há itens como controle de tração, controles de modos de condução e outros itens que começam a aparecer em motocicletas desta cilindrada. O máximo que ela tem é o modo “Eco” quando o piloto deixa de acelerar fundo é indicador de marchas digital sobre velocímetro analógico bem pequeno.

Publicidade

Teste com a Super Meteor 650

Rodamos cerca de 200km a bordo da Super Meteor por ocasião do lançamento da Cruiser em Brasília/DF. A primeira impressão sobre a moto é positiva no aspecto de montagem mas é ao acionar a ignição que percebemos mais do que o DNA Royal Enfield.

Royal Enfield lança Super Meteor 650 e mantém preço de pré venda

O motor bicilíndrico tem evolução lenta mas uma resposta gradativa ao comando do acelerador que envolve o piloto com uma rotação mais fechada porém sem muita vibração. A embreagem é macia e permite evoluções sem sustos embora o ponto morto necessite de atenção nas primeiras paradas.

Royal Enfield lança Super Meteor 650 e mantém preço de pré venda

O retrovisor cumpre sua função e embora estejamos falando de uma moto maior ela nao vibra com exagero e permite uma posição de pilotagem tranquila e segura. O ABS também não é muito invasivo e equilibra as frenagens mais fortes à medida para não assustar um piloto menos experiente. Já o painel, embora completo é recuado e distante da visão do piloto como a Royal Enfield normalmente faz. Já a suspensão cumpre bem seu papel mas com curso mais curto afinal não é uma “Custom” e sim uma “Cruiser” com perfil retrô.

Royal Enfield lança Super Meteor 650 e mantém preço de pré venda

Super Meteor: preços e versões

A Royal Enfield Super Meteor estreia em três versões que mudam somente o visual e acessórios. O modelo de entrada é o Astral nas cores verde, azul ou preta que custa R$ 33.990,00 sempre em cor única: a Interestellar verde ou cinza (duas cores) com pintura sobre o tanque manterá o preço de R$ 34.490,00; e a Celestial vermelha ou azul custará R$ 34.990,00 com o mesmo conjunto mecânico além de acessórios como malas laterais, “mata cachorro”, sissy bar traseiro e pára-brisa dianteiro. Segundo a Royal Enfield, há 1.300 unidades já pré reservadas nos concessionários que serão entregues em julho e agosto. Novos pedidos serão entregues a partir de setembro desse ano.


Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.